François Hollande escolhe deputado Jean-Marc Ayrault para ser primeiro-ministro da França

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
O deputado Jean-Marc Ayrault, de 62 anos, foi escolhido primeiro-ministro da França.O deputado Jean-Marc Ayrault, de 62 anos, foi escolhido primeiro-ministro da França.
O deputado Jean-Marc Ayrault, de 62 anos, foi escolhido primeiro-ministro da França.
O deputado Jean-Marc Ayrault, de 62 anos, foi escolhido primeiro-ministro da França.O deputado Jean-Marc Ayrault, de 62 anos, foi escolhido primeiro-ministro da França.
O deputado Jean-Marc Ayrault, de 62 anos, foi escolhido primeiro-ministro da França.

O novo presidente da França, François Hollande, nomeou hoje (15/05/2012) o deputado Jean-Marc Ayrault, de 62 anos, primeiro-ministro do país. Ele teve o nome confirmado pelo secretário-geral do Palácio do Eliseu, Pierre-René Lemas. O sistema político na França é semipresidencialista.

Jean-Marc Ayrault sucede François Fillon, primeiro-ministro do governo de Nicolas Sarkozy (no período de 2007 a 2012). Como Hollande, Ayrault estreia no Executivo. Líder dos socialistas na Assembleia Nacional, Ayrault é deputado desde 1986. Conselheiro especial de Hollande durante a campanha presidencial, o novo primeiro-ministro é professor de alemão e estudioso da história da Alemanha.

A missão de Jean-Marc Ayrault é colaborar com Hollande na formação de um novo governo. O presidente e o primeiro-ministro devem anunciar os nomes da equipe amanhã (16).

Porém, a biografia de Ayrault sofreu abalos, em 1997, com a denúncia e posterior condenação por favorecimento em um concurso feito pela Câmara Legislativa de Nantes, no Norte da França. Na ocasião, a Justiça o condenou a seis meses de prisão, mas a pena trocada por uma multa de cerca de 5 mil euros.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113508 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]