Espetáculo teatral atrai centenas de crianças e jovens em Feira de Santana

“Êh, Boi!”, do grupo mineiro Kabana, anima crianças durante a programação da Celebração das Culturas dos Sertões.
“Êh, Boi!”, do grupo mineiro Kabana, anima crianças durante a programação da Celebração das Culturas dos Sertões.
“Êh, Boi!”, do grupo mineiro Kabana, anima crianças durante a programação da Celebração das Culturas dos Sertões.
“Êh, Boi!”, do grupo mineiro Kabana, anima crianças durante a programação da Celebração das Culturas dos Sertões.

Mais de 200 crianças e jovens prestigiaram o espetáculo teatral “Êh, Boi!”, do grupo mineiro Kabana, no Centro de Cultura Amélio Amorim, em Feira de Santana. A história, contada em uma grande roda, narra a vida de uma grávida que tem o desejo de comer língua de boi – mas não qualquer boi, tem de ser o de estimação do coronel. Entrelaçado de causos, cantos e interações com a platéia, o espetáculo apresenta um boi desengonçado, que causa graça e medo nas crianças.

A professora Zélia Almeida, da Escola Municipal Noide Cerqueira, acompanhou as crianças para assistir o espetáculo. “Sempre buscamos estimular a participação das crianças em eventos culturais. Elas começam a relacionar o enredo com outros aspetos da peça, como o figurino, e refletem sobre a experiência na sala de aula, ampliando o aprendizado de suas culturas”, disse. A aluna da escola, Laiane santos, de 11 anos, se divertiu com a saga do boi: “é muito interessante, gostei de tudo”.

O espetáculo busca a interação constante com o público, que, por vezes, é convidado a encenar junto com o boi. O estudante Isaias Pereira, de 15 anos, teve que enfrentar o temido boi diante a criançada. “Foi muito divertido e é bem educativo, mostra bem o nosso povo”, disse.

“Êh, Boi!” é apresentado na Feira de Artesanato Saberes e Sabores, instalada no Centro de Cultura Amélio Amorim para a programação da Celebração das Culturas dos Sertões. O evento, promovido pela Secretaria Estadual de Cultura (SecultBA) busca valorizar as culturas sertanejas. Para conferir os horários do espetáculo e a programação completa da Celebração, basta acessar o site http://www.cultura.ba.gov.br .

Sobre Carlos Augusto 9524 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).