Empresário Olacyr de Moraes, da ITAOESTE, anunciou que encontrou a maior reserva mundial de metal raro tipo scandium na Bahia

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

Conhecido como “rei da soja” por conta do pioneirismo no plantio de soja no Centro-Oeste brasileiro, o empresário Olacyr de Moraes, da Itaoeste, anunciou ontem ao governador Jaques Wagner que encontrou na Bahia a maior reserva mundial de scandium – um mineral raro que é utilizado para a fabricação de foguetes. A expectativa é de investimento de US$ 30 bilhões (aproximadamente R$ 57 bilhões) na extração e no beneficiamento do minério considerado estratégico. A descoberta ainda não foi anunciada ao Departamento Nacional de Pesquisa Mineral (DNPM).

“Estivemos com o governador para anunciar esta importante descoberta e para dizer a ele que o interesse do nosso grupo é o de desenvolver a cadeia do produto aqui”, explicou o diretor de negócios internacionais da Itaoeste, André Guzman. Segundo ele, o beneficiamento do produto vai exigir um grande investimento, comum significativo impacto positivo para o Estado. “É um projeto de US$ 30 bilhões, que trará impactos a curto e médio prazos”, garante. Com uma descoberta de vanádio na região oeste, a Itaoeste estima faturar R$ 100 milhões este ano na Bahia.

O secretário da Indústria, Comércio e Mineração (SICM), James Correia, confirmou o anúncio da descoberta durante a abertura do 2º Congresso Internacional de Direito Minerário, no Hotel Pestana. “Recebemos a notícia de um grande investidor, que diz ter encontrado uma grande reserva de scandium. Segundo ele, trata-se da maior do mundo”, diz Correia. Em entrevista sobre o assunto, o secretário disse que ainda é preciso aguardar a confirmação da descoberta, que deverá ser feita pelo DNPM, mas ressaltou a expectativa positiva do grupo empresarial. “Eles dizem que a descoberta já motivou até uma conversa entre o governo brasileiro e o norte-americano”, contou.

Mais ferro

Outra descoberta anunciada ontem foi a de ferro em Ibicuí. De acordo com o presidente da Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), Alexandre Brust: “Existe uma reserva estimada de 800 milhões de toneladas, mas ainda será necessário pesquisar mais. Caso se confirme, a produção anual será de 80 milhões de toneladas”, disse.

*Com informações do Jornal A Tarde.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112958 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]