Deputado Luciano Simões critica Governo Wagner por crise na Saúde

Luciano Simões: “a saúde hoje é o maior problema que aflige o povo baiano.”
Luciano Simões: “a saúde hoje é o maior problema que aflige o povo baiano.”

O líder do bloco parlamentar PMDB/PR na Assembleia Legislativa, deputado Luciano Simões, afirmou na tarde desta segunda-feira (21/05/2012), no plenário da Casa, que, de acordo com as pesquisas realizadas pelo PMDB na capital e no interior da Bahia, a saúde hoje é o maior problema que aflige o povo baiano. O parlamentar destacou que o índice de queixas relacionadas ao atendimento à saúde varia entre 35 a 40%. Segundo Simões, a pesquisa ainda revelou que o segundo item mais criticado e mais carente, com base nas informações obtidas, diz respeito ao abastecimento de água, variando de 25 a 30% das reclamações.

“Notem que o governo vem, de forma leviana e ímproba, trazer propaganda mentirosa ao povo da Bahia. Os números apresentados são falaciosos e a seca é o retrato da ineficiência do governo. Nenhuma obra estruturante de abastecimento de água foi realizada na Bahia, as últimas foram feitas pelo governo passado”, afirmou o deputado citando algumas das grandes barragens construídas na gestão anterior, como a de Ponto Novo, Pedras Altas e Pindobaçu.

“A mentira não fica por aí. Denunciei, através de relatórios do Tribunal de Contas do Estado, a corrupção perpetrada pela Secretaria da Saúde. Até furto de ambulâncias constava no relatório do TCE. Mais de R$ 90 milhões distribuídos a entidades sem licitação”, ressaltou Simões. O parlamentar pontua que, conforme noticiado pelo jornal Tribuna da Bahia no último dia 19 de maio, pelo menos 120 baianos estão à espera de uma vaga de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). “Esse fato joga uma pá de cal no discurso do secretário Jorge Solla e dos próceres do governo nesta Casa. São 120 pacientes que padecem por necessidade de uma UTI. Essas pessoas, já em número considerado, tem ido a óbito e o Estado não se manifesta. Esse é o quadro tétrico da saúde baiana”, criticou Luciano Simões.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9299 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).