Deputado estadual Luciano Simões atribui inatividade da AL a deputados governistas

: "As comissões não trabalham, o plenário só funciona nos dias que tem votação de projetos do Executivo, a Bahia vive uma crise na educação".
: "As comissões não trabalham, o plenário só funciona nos dias que tem votação de projetos do Executivo, a Bahia vive uma crise na educação".
: "As comissões não trabalham, o plenário só funciona nos dias que tem votação de projetos do Executivo, a Bahia vive uma crise na educação".
: "As comissões não trabalham, o plenário só funciona nos dias que tem votação de projetos do Executivo, a Bahia vive uma crise na educação".

O líder do bloco PMDB/DEM na Assembleia Legislativa, deputado Luciano Simões, usou aparte no grande expediente da sessão desta terça-feira (22), no plenário da Casa, para lamentar a situação que vive o parlamento baiano. De acordo com Simões, o quadro atual é algo nunca visto na história da Assembleia. “As comissões não trabalham, o plenário só funciona nos dias que tem votação de projetos do Executivo, a Bahia vive uma crise na educação com uma greve de repercussão nacional e, enquanto isso, a presidente da Comissão de Educação desta Casa, deputada Kelly Magalhães (PC do B), sequer comparece às reuniões do colegiado”, repudiou o parlamentar.

Luciano Simões criticou a postura dos deputados governistas que, segundo ele, não dão presença nas comissões para não serem vaiados, já que o momento tem sido de desgaste em decorrência da greve dos professores da rede estadual de ensino. “A Assembleia Legislativa da Bahia vai fechar simplesmente porque os deputados do governo não aceitam críticas. Quem te viu, quem te vê, PT”, ironizou Simões, sendo ovacionado por centenas de professores que lotaram as galeria do plenário da AL.

Sobre Carlos Augusto 9508 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).