Audiência Pública define novo traçado para Avenida Noide Cerqueira; Deputado Zé Neto comemora segundo maior investimento público a ser realizado em Feira de Santana

Avenida Noide Cerqueira é uma importante via que será a principal ligação entre a Avenida Getúlio Vargas e a BR – 324.Avenida Noide Cerqueira é uma importante via que será a principal ligação entre a Avenida Getúlio Vargas e a BR – 324.

Uma importante via que será a principal ligação entre a Avenida Getúlio Vargas e a BR – 324. Essa é uma das disposições da Avenida Noide Cerqueira. Com inicio de obras previstas para o segundo semestre deste ano, seu projeto básico foi discutido mais uma vez em audiência pública promovida pelo mandato do deputado estadual e líder do Governo na Assembleia Legislativa, Zé Neto (PT), na tarde desta terça-feira (17/05/2012), no auditório do colégio Estadual Luís Eduardo Magalhães, em Feira de Santana.

“Estamos realizando audiências públicas que, no meu ponto de vista, são uma forma de legitimar as decisões do Governo trazendo para o cenário social resoluções muito mais balizadas, consistentes e exitosas”, disse Zé Neto ao explicar a necessidade desta segunda audiência como forma de esclarecer as dúvidas que foram suscitadas após o primeiro debate público realizado em 29 de março.

Sobre as modificações no projeto da Avenida, o deputado discorreu: “fizemos pequenas mudanças no trajeto e na sinuosidade de uma das curvas evitando, com isso, a retirada de 63 imóveis. Acredito termos chegado a um projeto que vai trazer para Feira de Santana um grande beneficio do ponto de vista urbano, econômico e social”.

De acordo com Sabrina Freitas, engenheira civil da ATP Engenharia, empresa responsável pelo projeto da Avenida, além das expropriações, mais segurança foi garantida com a retirada da curva. “Além do menor número de casas que serão desapropriadas, mais segurança e trafegabilidade são vantagens do novo projeto”, frisou.

A via teve uma pequena redução em seu comprimento que hoje é de 8 km. Jessé Motta, diretor de obras estruturantes da Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), comentou o fato e também ressaltou o ganho com o menor número de desapropriações. “Reduzimos apenas duzentos metros. As mudanças trazem grandes ganhos com o custo das desapropriações”, disse.

Questionado sobre a preocupação do projeto com a proteção ambiental, Motta assegurou: “o meio ambiente não será prejudicado com essa obra. Estudos estão sendo feitos para isso”. Sabrina Freitas também falou sobre essa questão. “Os estudos ambientas estão sendo feitos e obedecem as exigências das leis ambientais. A via passa a 500m de distância da Lagoa Salgada, respeitando o mínimo permitido que é de 300m”, assegurou.

Após a apresentação do projeto, o público presente fez considerações e sugestões. Zé Neto garantiu a avaliação dos pontos levantados pela comunidade. “Até terça-feira [22] a Conder receberá essas opiniões e fará o processamento para ver a possibilidade de adequá-las ou não ao projeto”. O parlamentar anunciou que até o dia 31 de maio será feita a licitação para definir  a empresa responsável pelas obras.

Além de Zé Neto, a mesa de debate foi composta por Jessé Motta, diretor de obras estruturantes (Conder), Sabrina Freitas, engenheira civil (ATP Engenharia), Jairo Carneiro, chefe de gabinete da Secretaria Estadual da Agricultura (Seagri), Eliana Boaventura, sub-secretária da Secretaria de Desenvolvimento e Integração Regional (Sedir),  Marialvo Barreto, vereador (PT), Angelo Almeida, vereador (PT), José Marcone de Sousa, secretário de Planejamento (Prefeitura de Feira) e Nivaldo Vieira, secretário de Relações Interinstitucionais (Prefeitura de Feira). 

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).