5º edição do Circuito das Artes vai reunir cerca de 120 artistas em dez galerias e museus de Salvador

A exemplo do que acontece em várias capitais do mundo, a quinta edição do Circuito das Artes vai reunir cerca de 120 artistas visuais em dez espaços de Salvador. | Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia
A exemplo do que acontece em várias capitais do mundo, a quinta edição do Circuito das Artes vai reunir cerca de 120 artistas visuais em dez espaços de Salvador. | Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia
A exemplo do que acontece em várias capitais do mundo, a quinta edição do Circuito das Artes vai reunir cerca de 120 artistas visuais em dez espaços de Salvador. | Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia
A exemplo do que acontece em várias capitais do mundo, a quinta edição do Circuito das Artes vai reunir cerca de 120 artistas visuais em dez espaços de Salvador. | Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia

A exemplo do que acontece em várias capitais do mundo, a quinta edição do Circuito das Artes vai reunir cerca de 120 artistas visuais em dez espaços de Salvador – galerias e museus – com o objetivo de promover as artes visuais e divulgar a produção de artistas baianos, renomados e iniciantes. De 19 de maio a 3 de junho de 2012, os artistas vão expor suas obras em pequenos formatos – pinturas, esculturas, desenhos, gravuras, cerâmica, fotografia, grafite em suporte móvel e infoarte – no Museu Carlos Costa Pinto, Goethe-Institut (ICBA), Aliança Francesa, Instituto Cervantes, MAB, Galeria Canizares (EBA), Galeria do Conselho, Galeria ACBEU, Palacete das Artes e SaladeArte do Museu. Nesta edição, o Circuito conta com a curadoria de Alejandra Muñoz e Vauluizo Bezerra e coordenação geral de Eneida Sanches.

Em todas as instituições participantes, haverá um monitor para recepcionar os visitantes e falar sobre os trabalhos expostos e seus autores. Nomes como Eckenberger, Maria Adair, Fael 1º, David Glat e Guache Marques vão expor sua arte no Circuito.

Além de divulgar as artes visuais e representar um mapeamento significativo do que é produzido pelos artistas baianos na atualidade, o Circuito das Artes dá oportunidade de jovens talentos exporem junto com artistas consagrados. O Circuito segue as novas tendências e promete inserir Salvador no contexto atual em que um museu deixa de ser apenas acervo para funcionar também como espaço de acontecimentos, comprometido com a realidade local e com o desenvolvimento de talentos diversos, como acontece em outras metrópoles no país e no exterior.

O Circuito das Artes assume um importante papel na formação de público e tem também a proposta de desmitificar a ideia de que arte é cara e inacessível. As obras expostas no Circuito vão poder ser adquiridas a preços acessíveis.  “Muita gente não visita galerias, pois acha que arte é sempre cara e inacessível”, reflete Eneida Sanches, coordenadora do Circuito.

No Circuito, museus e galerias importantes da cidade se unem para convidar o público a conhecer a arte baiana. “A proposta é mostrar à população o que vem sendo feito pelos artistas locais, estimular a produção artística, reunir linguagens artísticas diversas e mostrar que a arte é acessível”, destaca Eneida Sanches.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9294 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).