5ª edição do Festival de Sanfoneiros premia artistas em Feira de Santana

O Festival homenageou Luiz Gonzaga
O Festival homenageou Luiz Gonzaga
O Festival homenageou Luiz Gonzaga
O Festival homenageou Luiz Gonzaga

Cheio e animado. Assim estava o auditório central da Universidade Estadual de Feira de Santana para celebrar a 5ª edição do Festival de Sanfoneiros na noite desta quarta-feira (23). Concorrendo nas categorias “Acima de oito baixos” e “Até oito baixos”, os dezesseis artistas apresentaram canções que entusiasmaram tanto os jurados quanto o público.

O festival homenageou Luiz Gonzaga. Clássicos foram executados pelos participantes que em sua maioria têm no Rei do Baião sua fonte primordial de inspiração. “Pau de Arara” e “Riacho do Navio” foram algumas das canções tocadas pelos participantes e ovacionadas pelo público.

Vencedor na categoria “Acima de oito baixos”, Jefinho do Acordeom disse que desde menino aprecia a obra de Gonzagão. Esta foi a sua primeira participação no Festival. “Estou muito feliz de ter participado e ter tido a sorte de vencer diante de candidatos tão bons”, disse. Jefinho também ressaltou a honra de ser avaliado por um júri compostos de autoridades no assunto a exemplo do também sanfoneiro Targino Gondim. O compositor José Carlos Capinam, grande letrista da música popular brasileira, também fez parte do jurado.

Presente ao evento, o deputado estadual e líder do Governo na Assembleia Legislativa, Zé Neto falou da importância que o Festival tem para a manutenção da cultura sertaneja. “O Festival já faz parte do calendário cultural de Feira de Santana. Isso recupera, resgata, inova, e recondiciona a nossa cultura e nos dá esse enxergar no que estava adormecido. Realizamos a Celebração das Culturas dos Sertões e vamos construir um centro de referência de cultura do sertão, nosso maior potencial cultural que é o ser sertanejo, para essa evidencia tão fundamental na nossa existência cultural”, disse.

O vencedor na categoria “Até oito baixos” foi Saturnino dos Oito Baixos. Daniel Gomes Neto foi o segundo colocado na categoria “Acima de oito baixos” e vencedor na opinião do júri popular.

Sobre Carlos Augusto 9506 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).