O ministro Aloizio Mercadante calcula que, para chegar a 2,5 médicos por mil habitantes até 2020, é preciso abrir 9 mil vagas, "o que é absolutamente impraticável, porque vaga em medicina tem que abrir com segurança, tem que ter qualidade". "Não é só ter médico, mas ter bons médicos. Estamos lidando com as vidas das pessoas”, acrescentou.
Cultura: Educação e Entretenimento

Governo quer aumentar número de médicos formados no país e melhorar distribuição regional. Duas universidades federais baianas passarão a contar com cursos de medicina

O governo federal estuda meios de aumentar a quantidade de médicos disponíveis para a população, incrementando o número de profissionais formados nas universidades brasileiras. De acordo com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, a meta