1º Festival da Juventude em Vitória da Conquista reuniu jovens de 47 municípios

O I Festival da Juventude de Vitória da Conquista, que aconteceu naquela cidade entre os dias 04 e 06 de maio de 2012.
O I Festival da Juventude de Vitória da Conquista, que aconteceu naquela cidade entre os dias 04 e 06 de maio de 2012.
O I Festival da Juventude de Vitória da Conquista, que aconteceu naquela cidade entre os dias 04 e 06 de maio de 2012.
O I Festival da Juventude de Vitória da Conquista, que aconteceu naquela cidade entre os dias 04 e 06 de maio de 2012.

O I Festival da Juventude de Vitória da Conquista, que aconteceu naquela cidade entre os dias 04 e 06 de maio de 2012, teve como tema “Fazer parte em toda parte” e reuniu jovens de mais de 47 municípios do Estado.

Fruto da interação do poder público com a sociedade civil, o festival acumulou elogios quanto à organização, tanto por parte dos convidados quanto dos protagonistas do evento, que aproveitaram este novo espaço para participar de debates da construção e consolidação das políticas públicas de juventude.

Com cerca de 306.866 mil habitantes, Conquista é considerada a terceira cidade do Estado e tem mais de um quarto de sua população composta por jovens, segundo o Instituto Brasileiro de geografia e Estatísticas (IBGE).

A abertura do Festival no Centro de Convenções teve uma mesa ampla, com o prefeito da cidade, Guilherme Menezes, o reitor da UESB Paulo Roberto Pinto Santos, o presidente do conselho estadual de juventude, Juremar Oliveira, o coordenador de políticas de juventude, Vladimir Costa, o secretario estadual de cultura Albino Rubim, do sociólogo Leonardo Boff, Guilherme representando o DCE da UESB e Glauber Rocha representando a UMESC. O auditório com capacidade para 3 mil pessoas ficou lotado.

“Conquista inaugura o Festival da Juventude com muito brilho e muita participação. Espaços como esse garantem que exista o diálogo entre governo e sociedade civil para que a juventude possa influenciar de forma mais concreta sua participação nas políticas públicas”, afirmou Juremar Oliveira, presidente do CEJUVE.

Para Vladimir Costa, iniciativas como esta do festival de Conquista são importantes para consolidar espaços de participação das juventudes na formulação das PPJ´s. “Diversificado e bastante participativo na avaliação da Cojuve, o festival foi vitorioso. Estão de parabéns a prefeitura e as entidades juvenis que ajudaram na organização do evento. Espaços como este tem que se proliferar pela Bahia. Ficamos na esperança que este festival se consolide”, pontuou Vladimir.

Assim como na abertura, os dias seguintes do festival continuaram lotados, com uma programação diversificada. O marco do evento foi a grande participação dos jovens nas rodas de conversas, fazendo perguntas e assim contribuindo para as discussões. A juventude local teve uma participação massiva com irreverência, manifestações e muita ousadia. O festival foi encerrado na noite do dia 06 com um show do grupo Mundo Livre S/A e RO rapper Criolo.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9994 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).