Praça pública fechada para festa com interesse comercial na Cidade Nova foi denunciada pelo vereador Marialvo Barreto. Confira debates da CMFS

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

A realização de uma festa na praça do bairro Cidade Nova, no domingo (01/04/2012), foi alvo de pronunciamentos na sessão desta segunda-feira da Câmara de Feira de Santana. A festa de caráter privado, com venda de camisas, foi realizada em espaço público, na praça da Cidade Nova, segundo o vereador Marialvo Barreto.

“A praça da Cidade Nova foi privatizada por alguém que botou tapume e vendeu camisas e fez a festa”, afirmou.

Ao reprovar a concessão do espaço para realização de um evento comercial, ele afirmou: “Quem quiser fazer lavagem particular que faça na cozinha ou no sanitário de sua casa, não em área pública”.

Na oportunidade, o vereador Justiniano França indagou o petista sobre qual Secretaria liberou a praça, para que a lavagem fosse realizada.

Diante da provocação do democrata, Marialvo respondeu que não tem a informação oficial, mas suspeita que seja “aquela que coordena os apoios políticos para reeleição, pois tem uma aí coordenando”.

Marialvo lamentou ainda a ocorrência de um homicídio na festa da Cidade Nova. O adolescente Fabrício Barbosa da Silva, de 17 anos, foi morto a tiros durante a lavagem. Além da violência, o trânsito fica muito caótico durante a festa, observa o vereador.

Comissão de Saúde da Assembleia se coloca à disposição da Câmara de Feira

O presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, deputado José de Arimateia, está se colocando à disposição da Comissão de Saúde da Câmara de Feira de Santana para tratar dos problemas relacionados ao atendimento médico neste município. A informação é do vereador Ailton Mô.

“Tive uma conversa com o deputado. Ele colocou à disposição a tribuna daquela Casa, para que, em um momento oportuno, os problemas da saúde de Feira de Santana possam ser abordados pelos vereadores do Legislativo feirense”, disse o vereador.

Recentemente, o vereador Lulinha cobrou, em pronunciamento na Casa da Cidadania, uma atitude do presidente da Comissão de Saúde da AL, no sentido de participar com maior interesse da problemática no atendimento médico em Feira de Santana.

Diante da precariedade dos serviços de saúde, o vereador anunciou que promoverá, no próximo mês, mais uma audiência pública na Casa da Cidadania, com o objetivo de discutir o assunto e buscar as possíveis soluções para os problemas enfrentados.

Ailton Mô também criticou o corte de R$ 5,4 bilhões feito pelo Governo Federal, este ano, no orçamento da saúde. “É preciso que as autoridades revejam estes conceitos sobre a questão da Tabela SUS, assim como a Emenda 29, para que a gente possa melhorar as condições dos profissionais de saúde”, disse.

Prefeito de Coité será alvo de moção de parabéns da Câmara de Feira

A decisão de cancelar a Micareta em virtude da seca, pelo prefeito de Conceição do Coité, Renato Souza, será motivo de uma moção de parabéns da Câmara de Feira de Santana. A iniciativa é do vereador Frei Cal.

A reportagem sobre o cancelamento da Micareta de Coité foi publicada no jornal “Folha do Norte”. Parte dela foi lida por Frei Cal na Tribuna da Câmara. Denominada “Coité Folia”, estava programada para o período de 27 a 29 de abril.

Segundo o jornal, é considerada a segunda maior Micareta baiana, só perdendo para a de Feira de Santana.

O município de Coité está enfrentando uma das piores secas dos últimos dez anos e se encontra em estado de emergência. Para Frei Cal, a decisão do chefe do Executivo em suspender a Coité Folia foi uma atitude “corajosa e louvável”.

Frei Cal disse não ser contra a Micareta de Coité nem tampouco a de Feira, mas não pode deixar de parabenizar a atitude do prefeito Renato Souza. “A sua preocupação maior é com a seca”, afirmou, em discurso na sessão legislativa desta segunda-feira (02/04/2012) da Câmara de Feira de Santana..

Ele observa que é necessário coragem para adotar tal medida. “Não é tão simples diante da empolgação que envolve as pessoas e da despreocupação que elas têm em relação a problemas como a seca, tomar uma decisão dessa; as pessoas, no fundo, querem que a festa se realize a qualquer custo”, afirmou.

Diretoria de escola municipal manda aluno levar água de beber em garrafinha

A direção de uma escola da rede municipal em Feira de Santana está orientando os estudantes a levar uma garrafinha de água para consumo durante a aula. A informação é do vereador Lulinha, que discursou sobre o assunto na sessão desta segunda-feira (02/04/2012) da Câmara.

O fato está ocorrendo na Escola Monteiro Lobato, uma das maiores da rede municipal de ensino. “Quem me passou a informação foi a mãe de um aluno. É um absurdo o estudante ter que levar a água para beber na escola, ainda mais dentro da cidade”, diz o vereador.

A Monteiro Lobato teria 12 bebedouros eletrônicos adquiridos pela Prefeitura Municipal, conforme o vereador. O custo desses equipamentos, segundo ele, é de cerca de R$ 100 mil. Seis desses bebedouros estariam quebrados, enquanto outros dois não se encontram mais na escola.

A necessidade de levar a água para beber durante a aula estaria ocorrendo também na Escola Celso Daltro, no bairro Queimadinha, de acordo com Lulinha.

Se os bebedouros não funcionam, que o Município providencie água mineral em garrafões de 20 litros, cobra o vereador.

Carro-Pipa não chega a várias comunidades, afirma vereador

Os carros-pipa da Prefeitura de Feira de Santana não estão chegando a algumas comunidades da zona rural, advertiu o vereador Justiniano França, em discurso na sessão desta segunda-feira (02/04/2012) da Câmara Municipal.

“Na comunidade de Barra, em Jaguara, a situação é lastimável. No povoado de Olaria, quando as pessoas chegam no poço para carregar um balde de água, não encontram mais”, afirmou.

Conforme o vereador, a situação também está bastante complicada nas comunidades de Santa Rosa e Faiado. “O Carro-pipa não está chegando nessas localidades, onde há mais de um ano não chove”.

O vereador tem informações de que a água já esgotou em quase todas as cisternas dessas localidades. “O Município deve buscar apoio estadual e federal”, recomenda.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121691 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.