ONU lembra que combater o racismo é evitar conflitos no futuro

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Para marcar o Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial, a alta comissária para direitos humanos diz que é preciso agir aos primeiros sinais de racismo e preconceito para que não se tornem factores que propiciam guerras.

A alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, Navi Pillay, pretende marcar o dia internacional para a eliminação da discriminação racial, que se assinala esta quarta-feira, dia 21, com uma nota em que declara que adiar a resolução dos preconceitos e do racismo cria um risco verdadeiro para a erupção do conflito.

Navi Pillay disse que “o racismo e o preconceito podem permitir, difundir e perpetuar as condições que criam e sustentam os conflitos”, seja nos países desenvolvidos ou naqueles em vias de desenvolvimento.

Estudos

Pillay lembra que vários estudos mostram que um dos indicadores de potencial violência que mais cedo é revelado é o desrespeito pelos direitos das minorias.

Uma pesquisa de uma organização não-governamental internacional indicou que mais de 55% dos conflitos violentos de intensidade significativa ocorridos entre 2007 e 2009 tinham na sua génese a violência dos direitos das minorias ou tensões entre comunidades.

A alta comissária da ONU para os Direitos Humanos lembra que numa visita à Guatemala, na semana passada, observou o que considerou “as longas e trágicas consequências de práticas históricas de racismo contra os povos indígenas e contra os afro-descendentes”. Pillay acrescentou que a Guatemala ainda está a confrontar-se com a herança de 36 anos de conflito armado.

Alerta

Navi Pillay lança um apelo aos governos para que estejam atentos aos alertas do preconceito, dos estereótipos, da ignorância e da xenofobia.

Pillay termina a mensagem com uma chamada de atenção. Diz que “não devemos esperar que as queixas se tornem actos de violência e que o preconceito dê lugar ao genocídio antes de agirmos”.

*Com informação : Rádio Onu

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120613 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.