Mutirão em Feira de Santana intensifica entrega de boletos do Garantia Safra

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Para garantir que os 4.430 agricultores familiares de Feira de Santana, inscritos no Garantia Safra (safra de inverno 2011/2012), recebam o boleto para a adesão ao Programa, a Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), empresa vinculada a Secretaria da Agricultura, realiza um mutirão de entrega, na Casa da Agricultura Familiar, sede da empresa, no município. A ação, que teve início esta semana e segue até segunda (02/04/2012), das 07h30 às 17h, também contará com um plantão especial no sábado (31), das 07h30 às 12h. Participam da iniciativa todos os funcionários, entre técnicos, administrativos e apoio, da gerência.

Ao efetivarem o pagamento do boleto, os agricultores familiares já poderão iniciar, imediatamente, uma safra assegurada de milho e feijão, cujo período de plantio começa em 01 de abril e vai até junho. “Aqui na Bahia, como forma de apoiar a agricultura familiar, o governo está financiando 50% do valor do boleto. Com isso, o produtor passou a pagar apenas R$3,40, ao invés dos 6,80 inicialmente estabelecidos”, explicou a gerente Regional de Feira de Santana, Edilza Reis.

A gerência, que desenvolve ações do Programa em 14 municípios, pertencentes a três Territórios de Identidade, visa alcance de vinte mil adesões em toda a região, ou seja, um crescimento de quase 800%, comparado a 2007, com apenas 2.507 adesões. “Para isso, todos os escritórios locais estão trabalhando intensamente para garantir o resultado desejado”, garantiu a gerente, que reconhece o esforço dos funcionários na ação. “Agradeço a todos pelo envolvimento com esta iniciativa, que vai garantir o acesso de um maior número de agricultores a esta política pública tão importante”, declarou Edilza.

Programa Garantia Safra

O Programa Garantia Safra é um seguro de renda mínima, caso seja detectada perda de pelo menos, metade da produção das culturas de algodão, arroz, feijão, mandioca, milho ou mamona, por motivo de seca ou excesso hídrico. Nessa situação, o agricultor familiar cadastrado recebe o benefício, pago em quatro parcelas mensais de R$170, totalizando R$680, por meio de um cartão eletrônico, disponibilizado pela Caixa Econômica Federal.

Focado nas unidades familiares mais vulneráveis, o Garantia Safra reconhece as especificidades climáticas do semiárido minimizando os efeitos da perda da produção; propõe a melhoria da convivência com a região, através de introdução de tecnologias, de capacitações, do estímulo ao associativismo/cooperativismo; e a ampliação de acesso ao crédito, além de fortalecer a economia local.

As inscrições acontecem de acordo com o calendário agrícola de cada município, sendo que, para a Bahia, são estabelecidas duas safras: verão e inverno. Para obter mais informações sobre o Programa, acesse o site do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA): http://.mda.gov.br/portal/saf/programas/garantiasafra

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121857 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.