Japão marca um ano do terremoto que deixou 20 mil mortos e desaparecidos

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Várias cerimônias foram realizadas em memória das vítimas; ao comentar acidente nuclear em Fukushima, chefe de agência atômica disse que instalações estão mais seguras que há um ano.

Neste domingo, 11 de março, o Japão lembrou o primeiro aniversário do terremoto e do tsunami no país. Pelo menos 20 mil pessoas morreram ou desapareceram após o desastre.

Cerimônias em todo o país lembraram as vítimas do acidente.

Concerto

Na sede da ONU, em Nova York, um concerto na Assembleia Geral, organizado pela Missão do Japão, marcou o primeiro aniversário do terremoto.

A tragédia também causou o maior desastre em instalações nucleares japonesas, na usina de Fukushima.

Ao comentar o acidente, o diretor-geral da Agência Nuclear de Energia Atômica, Yukiya Amano, disse que as instalações japonesas estão mais seguras hoje que há um ano.

Ele disse que a indústria nuclear, os reguladores e as autoridades do Japão estão agindo com base nas lições aprendidas com o acidente.

*Com informação : Rádio Onu

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121764 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.