Ex-deputado Fernando Sant’Anna faleceu na noite de ontem, no Hospital Português, em Salvador

Fernando dos Reis Sant'Anna (Irará, 10 de outubro de 1915 - Salvador, 1 de março de 2012) atuou como político e engenheiro brasileiro, considerado um dos "comunistas históricos" do país, notabilizando-se pela defesa da propriedade estatal das riquezas do subsolo do país.
Fernando dos Reis Sant'Anna (Irará, 10 de outubro de 1915 - Salvador, 1 de março de 2012) atuou como político e engenheiro brasileiro, considerado um dos "comunistas históricos" do país, notabilizando-se pela defesa da propriedade estatal das riquezas do subsolo do país.
Fernando dos Reis Sant'Anna (Irará, 10 de outubro de 1915 - Salvador, 1 de março de 2012) atuou como político e engenheiro brasileiro, considerado um dos "comunistas históricos" do país, notabilizando-se pela defesa da propriedade estatal das riquezas do subsolo do país.
Fernando dos Reis Sant’Anna (Irará, 10 de outubro de 1915 – Salvador, 1 de março de 2012) atuou como político e engenheiro brasileiro, considerado um dos “comunistas históricos” do país, notabilizando-se pela defesa da propriedade estatal das riquezas do subsolo do país.

Governador decreta luto oficial pela morte do ex-deputado Sant’anna

O governador Jaques Wagner decretou luto oficial de três dias pela morte do ex-deputado constituinte Fernando Sant’anna, aos 96 anos. Considerado um comunista histórico, o ex-deputado deixou um legado inestimável na luta pela redemocratização do país. “Fernando Sant’anna entrou para a história da Bahia e do Brasil. Ele dedicou o melhor dos seus esforços para ajudar o país a sair das agruras da ditadura e entrar definitivamente na era das liberdades democráticas. A Bahia se entristece com sua morte, mas se orgulha por tê-lo entre seus filhos”, disse Wagner.

Wagner e sua esposa, Fátima Mendonça, prestam solidariedade a todos os familiares e amigos do ex-deputado e expressam o sentimento de saudade e orgulho de todo o povo baiano, que perdeu este grande guerreiro da democracia.

Prefeito de Salvador lamenta morte do ex-deputado Fernando Sant’Anna

O prefeito João Henrique lamentou a morte do ex-deputado Fernando Sant’Anna, ocorrida ontem no Hospital Português onde estava internado. “Foi um homem de convivência fácil e de convergência no exercício da política. Se destacou também como um combatente contra a ditadura e como homem de idéias e muitas virtudes. Um humanista essencialmente”, disse o prefeito, que se solidariza com a família do ex-deputado federal constituinte. Natural de Irará, Fernando Sant’Anna estava com 96 anos e era considerado um comunista histórico.

Aleluia lamenta morte de Fernando Santana

“A morte do deputado Fernando Santana tira de cena mais um histórico personagem da política nacional”, lamentou o presidente estadual do Democratas, José Carlos Aleluia, que conviveu com ele no Conselho do Clube de Engenharia da Bahia, quando Fernando Santana retornava à vida pública. “Acompanhei também a sua honrada trajetória política”.

Aleluia dá um exemplo da boa convivência de Fernando Santana com todos, independentemente de ideologia: “Quando Antonio Carlos Magalhães era presidente da Eletrobras, um grupo de jovens engenheiros foi à sua casa, convidá-lo a participar de um seminário a ser realizado na Bahia. De repente, um assessor de ACM lhe traz o telefone e ele na maior intimidade atende: ‘Alô, Nikita, estou às suas ordens’”.

Nikita Kruschev foi o líder comunista que liderou o movimento revisionista na União Soviética. De acordo com Aleluia, era assim, demonstrando intimidade, que ACM chamava Fernando Santana, de quem era amigo.

“Fomos nos distanciando ideologicamente, mas a admiração por ele só fez aumentar com o tempo”, revelou Aleluia. Para ele, Fernando Santana tinha o ideal comunista, mas, na prática, era um democrata. “Respeitava os pensamentos contrários aos seus. É uma perda inestimável para a Bahia e para o Brasil”.

Executiva estadual do PSB emite nota

A Executiva Estadual do PSB-Bahia lamenta a morte do ex-deputado federal pelo Partido Comunista Brasileiro (PCB), Fernando Santana, na noite desta quinta-feira (01) e aproveita para se solidarizar à sua família.

Filho ilustre do município de Irará e tio do músico Tom Zé, Fernando Santana foi uma referência na formação de uma geração de políticos da esquerda baiana que lutaram pelo fim da Ditadura Militar e pelo movimento das Diretas Já. Santana se distinguiu também pelo debate qualificado no movimento “O petróleo é nosso” e respeito que conquistou junto a integrantes de todos os matizes ideológicos, fazendo jus à fama de “adorável comunista”, título da sua biografia escrita por Antônio Risério.

O PSB aproveita para convocar sua militância para prestar a última homenagem a Fernando Santana no Jardim da Saudade, em Brotas, onde seu corpo será cremado às 17 horas.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108850 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]