Edital público seleciona empresas para incubadora do Parque Tecnológico da Bahia. Empreendimentos selecionados vão se instalar no Tecnocentro

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Empreendedores baianos que desejam criar uma empresa de base tecnológica terão a oportunidade de participar da Incubadora do Parque Tecnológico da Bahia. Um edital público selecionando projetos para a Incubadora já está disponível no site da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI): www.secti.ba.gov.br. As empresas classificadas no edital vão se instalar no Tecnocentro, prédio central do Parque, onde vai funcionar também centros de pesquisa, Universidades e empresas âncoras de Tecnologia da Informação já selecionadas por meio de chamada pública.

A incubadora do Parque visa, entre outras coisas, fortalecer a interação entre as universidades e as empresas baianas, a partir da formação de uma nova geração de empresários com vínculo com as instituições de ensino e pesquisa.

Segundo o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Câmera, as empresas selecionadas terão todo o apoio da SECTI para desenvolver suas atividades, como infraestrutura de recepção, serviços de secretária, sala de reuniões e auditório, além de orientação para elaboração e encaminhamento de projetos visando captar recursos junto às agências de fomento. “Vamos estimular o nascimento e a consolidação de empreendimentos voltados à inovação e com isso gerar emprego e renda para a Bahia”, diz o secretário, acrescentando que haverá ainda orientação para registro de Propriedade Intelectual e licenciamento de produtos junto aos órgãos governamentais.

As empresas incubadas terão apoio ainda na identificação de pesquisadores que possam colaborar no aprimoramento tecnológico dos produtos, processos e serviços. A SECTI vai também apoiar a participação em feiras e eventos e promover a capacitação na gestão empresarial, tais como: gestão financeira, custos, marketing, planejamento, administração geral, produção e operação.

Somente poderão participar da chamada pública empresas de base tecnológica que atuem nas áreas de Biotecnologia e Saúde, Energia, Engenharia e Tecnologia da Informação e Comunicação. Além disso, somente poderão participar do processo de seleção micro e pequenas empresas, de acordo com a Lei Complementar n.° 123, de 14 de dezembro de 2006, e que comprovem possuir recursos próprios ou captados junto a instituições de fomento para o desenvolvimento da proposta apresentada na chamada pública.

A permissão de uso da área do Tecnocentro será de até 2 anos, prorrogáveis, mediante a assinatura de termo aditivo. Durante esse período as empresas pagarão uma taxa de uso por metro quadrado. O prazo para a entrega dos envelopes para a comissão julgadora termina no dia 22 de março de 2012, às 17h, horário de Brasília.

 

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108862 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]