Como pensar o texto para a mídia digital? Saiba mais sobre técnicas de escrita na web

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

O consumo de notícias online vem ganhando importância ao redor do mundo, com exponencial aumento de audiência e investimento. Nos EUA, veículos digitais já dão mais lucro com conteúdo e publicidade que os meios tradicionais e no Brasil, a tendência é que o mesmo ocorra em 2015. Contudo, nem todos os profissionais que lidam com notícias estão preparados para adaptar seus textos do papel para a tela, levando em conta a forma como o leitor lê na internet.

Em ambientes digitais, o conteúdo informativo deve considerar algumas técnicas, agregadas sob o conceito de Webwriting. Como explica Bruno Rodrigues, consultor de Informação e comunicação digital e autor dos livros “Webwriting” e “Padrões Brasil e-Gov: Cartilha de Redação Web”, na internet o objetivo é dizer mais com menos.

A ‘via crúcis’ para alguns jornalistas, no entanto, é ter de abrir mão de seu estilo próprio. “Em webwriting, ‘estilo’ é algo com que você se preocupa depois que conseguiu produzir um conteúdo que atenda a todos os requisitos necessários à sua visualização e consumo”. alerta Rodrigues, em conversa com o Centro Knight.

Segundo o consultor, há quatro princípios básicos na escrita para a web:

– Persuasão: criar mecanismos de interesse pela informação produzida, e muito além de pensar em um texto ‘bem escrito’, que é condição sine qua non;

– Objetividade: dar aos usuários os aspectos da informação que o leitor deseja, sem ‘despejar’ detalhes desnecessários;

– Visibilidade: tentar trabalhar com ‘camadas’ em um site, oferecendo informações aos poucos, porém sem criar uma estrutura muito profunda;

– Navegabilidade: usar a informação como recurso de orientação em um site, ajudando o usuário a cruzar informações e produzir conhecimento.

Há diversos artigos que dão noções básicas de como aplicar as técnicas de webwriting. Alguns sites e organizações oferecem treinamentos voltados a melhorar a qualidade do texto online, como o Poynter Institute, o britânico Writingfortheweb e a HTML Writers Guild. Para quem está começando, a Radio Television Digital News Association (RTDNA) apresenta dicas em slides para “Melhorar a escrita para web em 30 minutos”.

Também é possível encontrar webinários sobre o assunto. O site britânico eCPD Webinars oferece um sobre escrita e tradução para a web, que ocorrerá no dia 11 de Abril, em inglês. A StateImpact dispõe de um seminário online em vídeo sobre Webwriting para radiodifusores.

Além disso, a Biblioteca Virtual do Centro Knight guarda vários títulos sobre webjornalismo e webwriting, todos disponíveis gratuitamente para download.

Ao escrever para a web, também é preciso estar atento às Técnicas de SEO (do inglês, Search Engine Optimization) para que seu texto seja encontrado com mais facilidade. Para isso, existem algumas dicas simples, como repetir palavras-chave, criar hiperlinks com palavras relevantes e construir títulos precisos.

O Google disponibiliza online um manual básico de SEO, com dicas que vão desde medidas básicas na estrutura do texto até a forma certa de promoção de sites. Também há cursos de SEO disponíveis, como o curso gratuito do SEO Master, site que ensina e faz consultoria sobre o assunto.

Sobre a forma como os algoritmos de busca influenciam o conteúdo digital, Rodrigues afirma: “Ele [SEO] dita 100% a produção de conteúdo e este é um caminho sem volta. Achar o conteúdo é tudo o que o usuário da web deseja – e exige.”

*Com informação : Centro Knight | Por Eric Andriolo

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116690 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.