Capacitação de policiais, taxistas e empresários para Copa do Mundo 2014 beneficia baianos e turistas

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Uma série de eventos de capacitação está sendo desenvolvida pelo Governo do Estado, com a finalidade de preparar profissionais de algumas áreas para grandes eventos como a Copa do Mundo 2014, e também beneficiar a população baiana. Na quinta-feira (01/03/2012), por exemplo, foi lançado o Programa de Capacitação para Taxistas, envolvendo mais de dois mil motoristas de táxi.

Nesta sexta-feira (02/03/2012), 20 policiais militares se formaram no curso de Operações Especiais, e 180 empresários do ramo de hotelaria e restaurante começaram a se qualificar por meio do Programa Moderniza, lançado no Fiesta Bahia Hotel.
A taxista Ananci Xavier, 29 anos, disse que na sua família cinco pessoas exercem a atividade, e ela já teve dificuldades por não saber outro idioma. “Uma vez peguei um turista no Comércio, que precisava ir ao Instituto do Cacau. Foi muito difícil descobrir o que ela queria”. Ananci aposta na capacitação para suprir esta e outras necessidades.
“Com o curso de idiomas, vamos poder nos comunicar com os visitantes sem usar o ‘embolation’. Com o curso de história poderemos prestar informações sobre os pontos turísticos. A maioria de nós não sabe a história da Bahia, explicar, por exemplo, como surgiu o Farol da Barra. Vai ser tudo mais fácil, o serviço será de melhor qualidade”, afirmou a taxista.
Outro motorista de táxi, Fernando Silveira, já oferece um trabalho diferenciado, captando passageiros pela internet, inclusive nas redes sociais. “Sou taxista há 16 anos e há oito descobri a possibilidade de atender de uma maneira mais ampla, alcançando todo o mundo. Esta capacitação proporcionada pelo Governo do Estado vai se somar ao meu trabalho, pois o conhecimento é o grande legado que beneficiará o povo de Salvador, não só os taxistas, mas vários segmentos”.
Convênio 
A capacitação dos taxistas faz parte do convênio firmado entre a Secretaria Estadual para Assuntos da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014 (Secopa) e o Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-BA), com apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). O programa irá capacitar mais de dois mil taxistas em 67 turmas de 30 alunos. Serão cursos semipresenciais, com 74 horas de duração, sendo 14 presenciais e 60 a distância.
O taxista poderá ler e ouvir o material sozinho, facilitando o nível de atenção para o aprendizado. Ele receberá material didático, composto por uma parte escrita em forma de jornal e um CD com aulas em formato de programa de rádio, e material semelhante direcionado aos idiomas inglês e espanhol.
 
Curso de Operações Especiais na Bahia é um dos mais completos do país
O tenente Érico Carvalho, primeiro colocado na turma de formandos do Curso de Operações Especiais, disse que a capacitação vai proporcionar um melhor serviço prestado. “O treinamento foi muito bem feito. Adquiri muito conhecimento. Coisas que eu não tinha noção, agora me especializei, e me sinto muito mais preparado para desempenhar minha função em operações de alto risco, tendo em vista os eventos que nosso estado vai receber, de porte internacional”.
Coordenador-geral do curso, o capitão José Manoel Lusquinhos afirmou que foi a quarta turma desta natureza. “Este, em especial, teve um número maior de vagas e é mais completo, já que o estado está se preparando para eventos de grande porte como a Copa 2014”.
O capitão enfatizou que o curso teve uma duração de mais de quatro meses, nos quais os policiais tiveram aulas de ações antiterrorismo, paraquedismo policial, tiro de precisão, gerenciamento de crises, sobrevivência e operações nos biomas do estado, direitos humanos, entre outras. “Treinamos também, em Brasília, com a Coordenação de Operações Táticas da Polícia Federal”.
Segundo o coordenador, por ser a Bahia um estado muito grande, os policiais foram capacitados para atuar em regiões de caatinga, montanha, mata atlântica, e para realizar abordagem em áreas de risco nas grandes metrópoles. “Se nosso curso não foi o maior, está entre os maiores do país”.
Terrorismo 
A Bahia recebe sempre chefes de Estado, delegações e outras autoridades de países como Espanha, Estados Unidos, Israel, de acordo com o capitão Lusquinhos. “À medida que chegam os eventos internacionais, aumenta a nossa preocupação com a segurança quanto ao terrorismo. Precisamos estar preparados para, em havendo um problema desta natureza, fazermos frente”.
O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alfredo Castro, informou que haverá outros cursos de especialização para os policiais baianos. “A previsão é que, este ano ainda haja mais um. A nossa intenção é, por meio da educação e do aperfeiçoamento, valorizar o policial e trazer bons serviços à comunidade. Estamos com policiais trabalhando e se sentindo preparados para ações de alto risco”.
 
Programa Moderniza beneficia áreas de hospedagem, alimentos e bebidas
O objetivo do Programa Moderniza é qualificar 180 empreendimentos de pequeno porte das áreas de hospedagem, alimentos e bebidas, por meio de consultorias individualizadas. Serão desenvolvidos diagnósticos para análise de aspectos como a gestão, os pré-requisitos do mapeamento da Fundação Getúlio Vargas (FGV) para a Copa do Mundo 2014 e o operacional.
Proprietária de um restaurante, Vera Lúcia Santana está capacitando todos os trabalhadores do seu estabelecimento. “Eles terão um atendimento melhor dos turistas e demais clientes. E não quero que isso fique só para a Copa do Mundo, mas que seja permanente. A consultoria me ajuda muito. Já fiz treinamentos de manipulação de alimentos, gestão e cada oportunidade eu estou presente”.
Os funcionários de Vera Lúcia vão receber consultoria durante seis meses, de quinze em quinze dias, com visitas de quatro horas. Também serão realizadas, a cada dois meses, oficinas com temas relacionados à Copa, para que a troca de experiência seja possibilitada entre os participantes.
Os empresários interessados em participar do evento deverão preencher um questionário de autodiagnóstico, baseado nos critérios do Modelo de Excelência em Gestão da Fundação Nacional de Qualidade (FNQ), customizados de acordo com normas e procedimentos específicos no segmento. As empresas que obtiverem nota superior a 80% serão indicadas para receber uma visita de auditoria. Caso seja confirmada a avaliação após análise dos critérios, elas irão receber um selo especial. Os empreendimentos que tiverem nota entre 60% e 80%, receberão um plano de melhoria elaborado a partir do relatório dos avaliadores.
 
Ciclo esportivo 
Para o secretário Ney Campello, da Secopa, a preparação do capital humano é o principal dos legados dos eventos esportivos. “São estes profissionais que farão o receptivo, já em 2013, na Copa das Confederações. Depois, haverá a Copa do Mundo 2014, a Copa América em 2015 e seremos ainda, em 2016, subsede das Olimpíadas do Rio de Janeiro. É um ciclo esportivo que precisa de pessoas preparadas para atender”.
Campello disse que após o evento, o conhecimento obtido será um ganho de competência, que permanece e beneficia a população baiana. “Capacitar hoje taxistas, meios de hospedagem, policiais é uma oportunidade para que os profissionais possam oferecer e prestar melhor serviço, além de se beneficiar deste bom serviço prestado, aumentando sua renda”.
Segundo Campello, há dois anos a Secopa, em parceria com algumas secretarias estaduais como Educação e Trabalho, vem mobilizando a sociedade e promovendo a qualificação, por meio do Sebrae, Senac, Sesi, universidades e organizações privadas. “Nós vamos buscar, no processo de preparação dos profissionais, criar selos de certificação para que os turistas possam identificar quem tem um serviço mais apropriado. Vai ganhar mais dinheiro quem estiver participando deste processo”.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113630 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]