Bahia Farm Show: um mundo de tecnologia para o pequeno, o médio e o grande produtor

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

A Bahia Farm Show, maior feira de tecnologia e negócios da Bahia e uma das cinco maiores do gênero do Brasil, será realizada de 29 de maio a 02 de junho deste ano, em Luís Eduardo Magalhães-BA. Mas, faltando ainda quase três meses para o evento, o mercado na região do cerrado baiano, e as atenções dos fabricantes de máquinas e implementos se voltam para ela. A esta altura, mais de 95% dos espaços já foram comercializados e a procura ainda é alta, entre novos possíveis expositores. Os veteranos, um espelho da indústria mundial de máquinas e implementos, já garantiram seus lugares ainda na edição de 2011. São ao todo mais de 300 marcas representadas no Complexo Bahia Farm Show, e uma novidade: um espaço totalmente dedicado à agricultura familiar.

“Será uma feira dentro da feira”, explica o coordenador-geral da Bahia Farm Show e diretor-executivo da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Alex Rasia. Este espaço, denominado Plantando o Futuro, será organizado pela Secretaria da Agricultura (Seagri), e trará uma representação das cadeias produtivas regionais, sobretudo, as que integram a microrregião do Vale do Rio Grande, caracterizada pela pequena agricultura. Haverá um auditório onde serão ministradas palestras específicas para as caravanas de agricultores familiares que deverão participar da feira, além da prestação de serviços com apoio de outras secretarias e órgãos do governo. A organização da Bahia Farm Show disponibilizou uma área de 4,5 mil metros quadrados para a montagem desta estrutura.

“Tratores de pequeno porte, cultivadores e forrageiras são alguns exemplos de tecnologias disponíveis ao pequeno produtor. Além disso, os bancos oficiais, como o Banco do Nordeste, Banco do Brasil, Bradesco e Desenbahia, apresentarão suas linhas de financiamento para este público”, diz Alex Rasia.

Expectativa em alta

Para o presidente da Associação das Revendas de Máquinas e Implementos Agrícolas do Oeste da Bahia (ASSOMIBA), Felipe Faccioni, a feira de 2012 deve repetir o sucesso da edição anterior. “O mercado está aquecido, os preços das commodities continuam em alta e ainda há muita área para abrir”, justifica Faccioni. Segundo ele, as máquinas agrícolas têm uma vida útil média de cerca de dez anos. O produtor renova a frota a partir do término dos financiamentos e à medida que cresce em área, ou investe em tecnologia para ganhar mais eficiência nas lavouras.

“Vejo muito positivamente esse esforço da feira em abranger também a pequena e média agricultura. Temos muita tecnologia para isto, mas, é preciso haver mais informação e iniciativas governamentais para o acesso desse público. Programas como o Mais Alimentos acabaram financiando menos do que esperávamos, não por falta de recursos disponíveis, mas de informação”, alerta Felipe Faccioni.

Crescimento contínuo

A edição 2012 da Bahia Farm Show registra, até agora, um crescimento de 15% em relação ao ano passado. Segundo o coordenador Alex Rasia, deve chegar a 20% ao final das vendas. “Era o que esperávamos, dentro da infraestrutura de que dispomos. Priorizamos a melhoria no parque, como pavimentação das vias, a construção de novas estruturas permanentes, redes hidráulica e elétrica, acesso à internet, além do paisagismo. Isso gera conforto e segurança para público e expositores”, afirma. Rasia diz ainda que, se continuar no ritmo de crescimento atual, dentro de cinco anos a feira deverá figurar entre as três maiores do País.

Para o presidente da AIBA, Walter Horita, a evolução da Bahia Farm Show repete o ritmo de crescimento do próprio Oeste da Bahia. “A fase do crescimento vertiginoso já começa a diminuir, e, tanto a região, como a feira, estão amadurecendo. Estão melhorando, na medida em que um alto patamar de excelência já foi alcançado”, explica Horita. Segundo o presidente da Aiba, a região cresce em torno de 7% a 10% ao ano, acima da média do PIB do agronegócio brasileiro, que já é superior ao do Brasil. “Apesar da consolidação, o Oeste ainda é uma área em expansão, que aguarda a definição da legislação ambiental para alcançar o seu pleno crescimento. A expansão se faz com máquinas, e a melhor vitrine para comprá-las é a Bahia Farm Show”, conclui Horita.

A Bahia Farm Show é uma realização da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (AIBA), em parceria com a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (ABAPA), Associação das Revendas de Máquinas e Implementos Agrícolas do Oeste da Bahia (ASSOMIBA), Fundação Bahia e Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116582 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.