ADAB vai capacitar alunos do curso de Agropecuária da Fundação José Carvalho

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Alunos e professores do curso de Agropecuária da Fundação José Carvalho serão treinados e capacitados por técnicos da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), vinculada à Secretaria da Agricultura (Seagri), nas áreas de defesa agropecuária e inspeção de produtos. Este é o objetivo do Termo de Cooperação Técnica assinado pelo governo do Estado, através da Seagri/Adab com a Fundação José Carvalho, na noite desta terça-feira (20/03/2012), durante a quarta etapa do primeiro dia da Seagri Itinerante, em Pojuca. Antes, a equipe da Seagri esteve em Monte Gordo/Camaçari; Mata de São João e Dias D’Ávila.

O Termo de Cooperação foi assinado pelo secretário estadual da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles, pelo diretor geral da Adab, Paulo Emílio Torres, pela diretora da fundação, Marilene da Silva Barbosa, e ainda como testemunha pela prefeita de Pojuca, Gerusa Laudano. “Um País se ergue através do que se planta, e nós acreditamos no potencial do homem do campo para proporcionar qualidade de vida”, disse a diretora da fundação, lembrando que a instituição tem 25 anos de atuação, estando presente em 18 municípios baianos.

O secretário Eduardo Salles destacou o valor do curso de Agropecuária e disse que os profissionais dessa área têm grande importância e responsabilidade na produção dos alimentos que chegam às mesas dos consumidores. Salles colocou a possibilidade de realização de estágios para os alunos da fundação a Adab e na Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA). Emocionada, a estudante Tainá Santos de Souza, falou em nome da turma de formandos e disse que o treinamento que será ministrado pela Adab, através de palestras, aulas, visitas a fazendas e laticínios, será muito significativo na formação dos técnicos em Agropecuária.

Posto Avançado

O município de Pojuca, onde a prefeita Gerusa Laudano prioriza a agricultura familiar, terá um Posto Avançado (Pavan) da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), vinculada à Seagri. Com essa finalidade será celebrado um convênio entre a prefeitura e a Seagri/EBDA, de acordo com o compromisso selado pelo secretário Eduardo Salles. A prefeitura cede o espaço e designa um técnico, que será capacitado pela EBDA.

De acordo com a prefeita, entre as necessidades do município estão a construção de uma casa de mel e uma casa de farinha, além de tratores para atender os agricultores familiares na preparação da terra para a plantação. O secretário explicou que as cadeias produtivas da mandioca e do mel estão entre as sete cadeias consideradas prioritárias e incluídas no programa Vida Melhor, lançado pelo governador Jaques Wagner no final do ano passado e, pela importância e alcance social, terão prioridade nas ações do governo.

Até a próxima sexta-feira, o secretário e sua comitiva terão reuniões de trabalho com os produtores de Catu, Araçás, Entre Rios, Cardeal da Silva, Esplanada, Conde, Jandaíra, Crisópolis, Acajutiba, Aporá e Itanagra, para discutir as demandas das cadeias produtivas do coco, maracujá, pecuária de corte e leite, citricultura, pesca e aquicultura e hortaliças.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108703 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]