SECULT-BA usa filiação partidária como desempate em concurso. Deputado Carlos Geilson critica edital e postura do governo

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

A Secretaria da Cultura da Bahia (SECULT-BA) lançou um edital, que regula o processo seletivo simplificado para contratação de representante territorial de cultura. Porém, o edital traz um critério de desempate que beneficia quem tem atuação em partidos, sindicatos e organizações da sociedade civil. De acordo com esse aditivo, militantes de partido político poderão ter dez pontos acrescidos em sua análise de currículo.

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN), em sessão na Assembleia Legislativa, nesta manhã de quinta-feira (23/02/2012), criticou essa atitude do governo. “O critério de desempate deve ser escolaridade, como sempre acontece em qualquer concurso. Como é que o secretário da Cultura, Albino Rubim, diz que não conhecia esse critério? Ele não lê o edital antes de assinar? Esse é o governo que fala de moralidade, mas coloca um item desses em um processo seletivo. O que transparece é que é um concurso de cartas marcadas”, afirma o deputado.

As inscrições, que começaram hoje vão até 3 de março. Para o preenchimento das nove vagas em Regime Especial de Direito Administrativo (Reda) é exigido nível superior. O salário e as gratificações somam R$ 1.980, mais o auxílio alimentação. A carga horária é de 40 horas semanais.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113815 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]