Deputado federal Emiliano José conclama: agora é tempo de retomar as atividades, e garantir a paz dos baianos; policiais desocupam ALBA

Deputado federal Emiliano José da Silva Filho conclama pacificação.
Deputado federal Emiliano José da Silva Filho conclama pacificação.
Deputado federal Emiliano José da Silva Filho conclama pacificação.
Deputado federal Emiliano José da Silva Filho conclama pacificação.

Os Policiais Militares amotinados desde o último dia 31 de janeiro de 2012, na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deixaram o prédio na manhã desta quinta-feira. Para o deputado federal Emiliano José (PT-BA), que integrou o grupo de parlamentares e senadores baianos que se reuniram com o governador nesta quarta-feira (08/02), a saída dos policiais representa o acerto do governador na condução das negociações. “O começo do fim desta greve é resultado da correta direção do governador Jaques Wagner em discutir, avaliar e, ao mesmo tempo, não admitir atos de vandalismo de um grupo de pessoas cujo compromisso é com a segurança da população baiana. Agora é tempo de retomar as atividades, garantir a paz dos baianos e a realização de um dos maiores expoentes da nossa cultura, que é o carnaval de Salvador”, destacou.

O tenente-coronel Márcio Cunha, assessor de imprensa da VI Região Militar, informou que o ex-policial militar Marco Prisco foi preso no início da manhã de hoje, junto com Antônio Angelini. Os dois estavam na Assembleia Legislativa e tinham mandado de prisão expedido por terem comandado atos de vandalismo durante o motim de parte de soldados da Polícia Militar baiana.

A prisão foi efetuada pelas polícias Federal e do Exército, após a desocupação do prédio da Assembleia Legislativa. Os dois líderes foram encaminhados para o quartel do Exército em Salvador, onde serão colocados à disposição da justiça.

Na noite desta quarta-feira, gravações telefônicas revelaram a participação de Marco Prisco em ações de vandalismo na cidade. As gravações mostram também articulações para que a paralisação se estendesse ao Rio de Janeiro, São Paulo e outros estados, com o objetivo de comprometer o carnaval.

A sede do Poder Legislativo começou a ser desocupada por volta das 6h30 da manhã de hoje. Segundo o porta-voz da VI Região Militar, 245 pessoas deixaram o prédio do Legislativo. Antes de ir para casa, os PMs passaram por uma revista e os que tinham mandado de prisão expedido pela justiça foram presos. A informação da desocupação da sede do Poder Legislativo foi dada durante a madrugada, pelo advogado dos policiais, Rogério Andrade.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108026 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]