Aterro Sanitário de Feira de Santana foi vistoriado e liberado para coleta de lixo. Confira notícias da PMFS

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

As condições de funcionamento do Aterro Sanitário do Município foram vistoriadas de perto na manhã desta sexta-feira (17/02/2012) pelo diretor-presidente da Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos Municipais Concedidos (ARSEPUC), Alexandre Monteiro, secretários municipais, e imprensa. Na oportunidade eles também acompanharam a construção do aterro sanitário da empresa Viva Ambiental, responsável pela coleta de lixo no município.

Segundo o diretor-presidente da ARSEPUC, Alexandre Monteiro, desde a noite de quarta-feira (15/02/2012) os resíduos sólidos recolhidos na cidade estão sendo encaminhados para o aterro sanitário do Município. “Estamos operando em uma única célula, mas outras três já estão em fase de conclusão. Nossa maior preocupação é com a população feirense que não pode ser prejudicada com os danos causados ao meio ambiente. Portanto a coleta está sendo realizada normalmente para que a comunidade não fique a mercê.”, pontua.

Durante a visita foram observadas também as irregularidades nos procedimentos de acolhimento e tratamento do lixo do aterro sanitário da empresa Sustentare e Serviços Ambientais (antiga Qualix). Monteiro informa que um dos objetivos da visita é apresentar os crimes ambientais diagnosticados no aterro sanitário da empresa Sustentare. “O aterro foi interditado por não oferecer condições necessárias para o descarte do lixo. Diversos crimes ambientais foram comprovados no local, o que nos obrigou a tomar soluções emergenciais”, explica.

Nesta quinta-feira (16/02/2012), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam) interditou temporariamente o aterro da empresa por falta de cobertura, compactação, e impermeabilização dos resíduos sólidos, além do armazenamento do lixo domiciliar acoplado com o lixo hospitalar. A visita foi acompanhada pelos secretários municipais Nivaldo Vieira, de Relações Interinstitucionais, e Fabrício Almeida, de Comunicação Social.

Matinha comemora extensão de rede de água

“Água tratada na torneira. Água para beber e preparar o alimento. Água que traz dignidade para um povo batalhador enfrentar o dia a dia na zona rural. Água encanada é um direito de todos”. As palavras são do prefeito Tarcízio Pimenta durante entrega da extensão de rede de água, nesta quinta-feira (16/02/2012), na comunidade de Jenipapo II, no distrito de Matinha.

A obra, executada pela Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria Municipal de Agricultura e Recursos Hídricos (SEAGRI) e em parceria com a Empresa de Água e Saneamento basa, atende a antigas reivindicações da comunidade. De acordo com o secretário Ozeny Moraes (SEAGRI), 74 famílias foram contempladas com 2.600 metros de rede.

“Toda microrregião era abastecida com água encanada, com exceção dessa localidade. Essa realidade nos deixava incomodados. Lutamos para atender esse pleito antigo e hoje estamos entregando mais essa benfeitoria à Matinha”, ressaltou.

O prefeito Tarcízio Pimenta destacou as intervenções realizadas no distrito, proporcionando melhores condições de vida à população do campo, como a recuperação asfáltica da estrada, reforma do Mercado Municipal e construção de uma nova escola no povoado de Candeal.

“O Governo nunca trabalhou tanto pela Matinha como nestes três últimos anos. Foi implantado o Centro Digital dando oportunidade de formação para crianças, jovens e adultos; para reforçar a segurança, a Prefeitura doou uma viatura para a Polícia Militar atuar no distrito. Também está sendo feita a reforma e ampliação da unidade de saúde no povoado de Alecrim Miúdo, dentre outras melhorias”, pontuou.

O morador Agnaldo dos Santos comemorou a chegada da água encanada na comunidade. “Esperamos tantos anos para ter água de qualidade em nossas casas e esse dia, graças a Deus, chegou. O Jenipapo II era o único lugar da redondeza que não tinha água da Embasa. A nossa vida, com certeza, vai melhorar, e muito”, comemorou.

O administrador do distrito, Antônio Alves Magalhães, afirmou que os moradores da Matinha estão vivenciando uma nova realidade com os investimentos aplicados pelo Governo Municipal nas mais diversas áreas da administração pública. “Hoje estamos testemunhando a concretização de um sonho antigo desse povo. Muitas comunidades solicitaram obras desse tipo e foram beneficiadas bem antes do Jenipapo II. Estamos felizes e satisfeitos”, disse.

O vereador Ângelo Almeida, por sua vez, destacou a importância de oferecer à população água tratada. Ele lembra que a cada R$ 1 investido em obras de abastecimento, o Governo economiza R$ 4 em saúde pública. “Parabenizo esta comunidade que unida conquistou essa importante obra. Água encanada não é luxo, é necessidade. Estas pessoas vão ter mais saúde e qualidade de vida”, afirmou.

De acordo com o gerente regional da Embasa, Onias Neto, Feira de Santana já foi contemplada com mais de 100 quilômetros de rede de água implantados através de convênio firmado entre os Governos Municipal e Estadual para o programa “Água para Todos”. “Este programa reflete mais saúde para a população que passa a contar com água tratada, de qualidade e ficam livres de verminoses e demais doenças provocadas pelo consumo de água poluída, sem tratamento”, enfatizou.

O ato também foi prestigiado pela comunidade local, líderes comunitários, secretário municipal de Transportes e Trânsito (Flailton Frankles) e vereador Everton Carneiro.

Baraúnas ganha unidades de assistência social

A comunidade do bairro Baraúnas amanheceu em festa nesta quinta-feira (16/02/2012) com a entrega do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) Zezito Freitas e do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Odorico Pereira da Silva. A partir de agora, todos os indivíduos vítimas de violência e violação dos direitos humanos vão contar com atendimento social nas instituições situadas no bairro.

O ato de inauguração dos dois centros foi realizado ontem à tarde. Durante a entrega dos equipamentos, coordenadoras e familiares dos homenageados fizeram questão de agradecer à Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), pelos investimentos no bairro. Um deles foi o advogado Emanoel Freitas, filho de Zezito Freitas.

“Feira de Santana cresceu como meu pai sonhou. Talvez ele tenha sido a pessoa que mais amou esta terra, pois era de origem pobre, mas foi vereador e atuou na Rádio Sociedade sem preocupar-se com salário”, relembra, completando que “a área do Creas também foi doada por meu pai”.

Outro cidadão que teve seu pai homenageado foi Lourival Ferreira, filho de Odorico Pereira da Silva. “Estamos muito felizes em ver nosso bairro ser contemplado com mais uma melhoria. Todos gostavam de meu pai na Baraúnas e, para nós, é uma satisfação ver nossa área crescer”, destaca. Sua mãe, Maria de Lourdes Ferreira, 78 anos, também fez questão de prestigiar a inauguração.

Coordenadora do Creas, Michelle Lustosa observa que a gestão de respeito do Governo Municipal demonstra o comprometimento com o social. Já a coordenadora do Cras, Rita Vieira, ressalta que o equipamento é uma fonte de direito e cidadania, pois trará uma nova realidade às famílias.

A secretária municipal da Sedeso, Gerusa Sampaio, relembrou que o Creas estava localizado no bairro Santa Mônica II, mas foi transferido para a Baraúnas devido a vulnerabilidade e demanda. “No próximo mês vamos reestruturar o Programa Rua Tô Fora e instalá-lo na Santa Mônica II, onde funcionava o Creas. O equipamento será entregue até o dia 10 de março”, assegura.

Ao se pronunciar, o prefeito Tarcízio Pimenta relembrou sua amizade com Zezito Freitas, destacando que o governo também deve ser constituído por serviços que dignifiquem o cidadão. “Hoje a Baraúnas é um território da paz, pois o governo está trazendo equipamentos que favorecem isto. Este é um dos bairros que mais recebeu investimentos, como pavimentação asfáltica, reforma de escola, Creas e Cras, e o Centro Digital”, pontua.

E dentro em breve, disse o prefeito, o bairro vai receber novas praças. Os atos contaram com a presença dos vereadores José Carneiro, Alcione Cedraz e Ailton Araújo, além dos secretários municipais José Marcone de Souza (Planejamento); Nivaldo Vieira (Relações Interinstitucionais); e presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, Jair de Jesus.

Material escolar e fardamento completo

No próximo dia 23 de fevereiro, aproximadamente 40 mil estudantes da rede municipal de ensino retornam à sala de aula para o ano letivo de 2012. Neste ano, os alunos vão receber todo o material escolar necessário para suas atividades, além do fardamento completo. A iniciativa demonstra o compromisso do Governo Municipal com a Educação no município de Feira de Santana.

Um esquema especial está sendo montado para garantir a entrega do material nas escolas ainda nos primeiros dias de aula. A Secretaria Municipal de Educação (SEDUC) havia suspendido a entrega de todos os kits escolares e fardamento no período das férias para evitar qualquer tipo de transtorno para os diretores das escolas, considerando a greve dos policiais militares e a insegurança nos bairros periféricos de Feira de Santana.

“Agora, estamos organizando a entrega na própria escola, de acordo com o número de alunos matriculados no Ensino Fundamental para séries iniciais e também finais”, informa o secretário José Raimundo Pereira de Azevedo (SEDUC). Em relação aos kits de fardamento, a SEDUC cumprirá um esquema especial de entrega porque é preciso fazer um levantamento de acordo com a numeração de sapato de cada aluno.

“Isso é necessário porque a farda inclui os tênis e não podemos fazer a entrega antes de saber as características pessoais dos estudantes”, explica o secretário. O levantamento será feito pelos diretores das unidades de ensino e comunicado a Secretaria de Educação.

A direção da escola vai convocar os pais dos alunos para a entrega dos kits de material escolar e fardamento. Eles vão assinar um termo de responsabilidade como parte do seu comprometimento de zelar pelo material utilizado pelos filhos.

Tanto os materiais quanto o fardamento é padronizado e garante maior acesso e comodidade aos estudantes. O prefeito Tarcízio Pimenta avalia que o investimento é fundamental para garantir uma escola pública digna, que ofereça as melhores condições necessárias ao desenvolvimento das crianças e adolescentes.

Material personalizado

Os kits de fardamento são compostos de duas camisetas com mangas, uma bermuda, um par de tênis, dois pares de meia e ainda uma mochila. Já os kits de material escolar são personalizados de acordo com a série. O kit de Educação Infantil é composto por um caderno de cartografia, quatro lápis pretos, um caixa de lápis de cor, uma borracha branca, um apontador para lápis, um tudo de cola, um estojo de hidrocor, uma caixa de giz de cera, um estojo, uma caixa de massa de modelar, uma caixa de tinta guache, uma tesoura sem ponta e um pincel.

Já o kit para o Ensino Fundamental das séries iniciais, além dos itens descritos acima, contém ainda seis cadernos brochuras e uma régua. Para o Ensino Fundamental séries finais, os cadernos brochuras são substituídos por dois cadernos universitários e os alunos recebem também duas canetas azuis, duas pretas e uma vermelha, um compasso escolar, um gabarito geométrico e todos os outros materiais. A distribuição será feita em cada uma das 207 escolas da rede.

Cursos de Instalador e Reparador de Linhas

Centenas de pessoas compareceram à Casa do Trabalhador na manhã desta sexta-feira (17/02/2012) para preencher uma das 65 vagas oferecidas nos cursos de Costureiro Industrial do Vestuário e Operador de Telemarketing. Ainda nesta tarde, a instituição inscreve para os cursos de Instalador e Reparador de Linhas e Sistemas de Telefonia e Recepcionista de Eventos. Nestas áreas são oferecidas 80 vagas.

Os alunos inscritos nos cursos de Instalador e Reparador de Linhas e Sistemas de Telefonia e em Costureiro Industrial do Vestuário vão começar as aulas no dia 05 de março, no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Já as pessoas matriculadas nas outras duas capacitações iniciam as aulas no dia 19 de março, no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

Só na quinta-feira (16/02/2012) foram inscritas 250 pessoas para concorrer as 125 vagas oferecidas nos primeiros quatro cursos. “Nesta sexta-feira, às 8h, todas as senhas da manhã já foram entregues. As vagas são prioritárias para as pessoas que comparecem à audiência realizada na terça-feira, no Ginásio Oyama Pinto”, explica a diretora da Casa do Trabalhador, Graça Cordeiro.

As 2.115 vagas oferecidas nos 51 cursos são disponibilizadas pelo Programa Brasil Sem Miséria (PRONATEC). Em Feira de Santana, o programa será executado pelo Governo Municipal, através da Secretaria Municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Setdec).

Uma das candidatas inscritas no curso de Operador de Telemarketing foi a dona de casa Edna da Silva. “Como eu não tenho este curso, vou aproveitar a oportunidade. Vai complementar meu currículo ainda mais”, afirma.

As matrículas continuam na próxima quinta-feira (23) com inscrição para os cursos de Mecânico de Manutenção de Freios, Suspensão e Direção Automotiva e Mecânico de Manutenção em Máquinas Industriais, no turno matutino. Serão oferecidas 80 vagas para os dois cursos.

Para se inscrever o candidato deve ter idade entre 18 e 59 anos e apresentar o Número de Inscrição Social (NIS), RG e CPF, além de ter como escolaridade mínima o ensino fundamental incompleto. O público alvo são os beneficiários de programas sociais como Minha Casa, Minha Vida e Bolsa Família. A instituição está localizada na rua Castro Alves, 894, centro. Mais informações através do telefone (75) 3603- 2000.

Ações de prevenção contra efeitos da chuva

Visando preservar a integridade física dos cidadãos de Feira de Santana, o Governo Municipal deu início às ações de prevenção aos danos provocados pelas chuvas. As intervenções incluem limpeza e desobstrução de canais e bueiros, desobstrução de redes, vistoria e podas de árvores, dentre outras.

Nesta sexta-feira (16/02/2012), o coordenador da Defesa Civil, Luiz Américo, apresentou à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano o plano de ações que vai compor a Operação Chuva. “O documento contém medidas de enfrentamento aos problemas causados pelas chuvas que se aproximam. Todos os anos, neste mesmo período, nos mobilizamos nesta ação. O nosso objetivo é desenvolver medidas de prevenção a catástrofes naturais como alagamentos, desabamentos”, explica Luiz Américo.

O secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Carlos Alberto Firpo, afirma que o governo já está executando os serviços. “Realizamos a limpeza do canal do conjunto João Paulo. A intervenção resulta na desobstrução do canal para evitar que haja alagamentos no período de chuvas. A comunidade já havia reivindicado a realização do trabalho”, informa.

A população pode solicitar a realização de serviços, tirar dúvidas ou informar a existência de situações de risco na Central Disque Denúncia, através do número 156. “As equipes da Defesa Civil, a Brigada de Incêndio da Guarda Civil Municipal e técnicos das secretarias de Planejamento e Desenvolvimento Urbano estarão em alerta para atender aos chamados da população. É importante que a comunidade também esteja atenta e busque orientações para evitarmos consequências”, ressalta Luiz Américo.

Mudança para a casa nova

Os beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida contemplados com os 860 apartamentos dos residenciais Figueiras e Videiras, localizados na Avenida Iguatemi, bairro Mangabeira, começaram a mudança para a nova residência na manhã desta sexta-feira (17/02/2012). O ato oficial de entrega dos apartamentos foi acompanhado pelo secretário municipal de Habitação, Gilberto Ruy Souza.

Uma das beneficiadas foi a diarista Joselourdes Oliveira. Com a ajuda do primo e filho de oito anos, ela começou a levar os móveis.“Eu morava numa casa alugada na Mangabeira há um mês, mas hoje posso entrar no apartamento e dizer que é meu. Não sei nem o que dizer numa hora como esta. Agora eu meu filho vamos ter nossa casa com segurança, organização e num ambiente bonito”, comemora.

Também contemplado pelo programa, o futuro morador do residencial, Celivaldo Oliveira, diz que hoje é o dia mais feliz em sua vida. “Agradeço a todos, principalmente ao Governo Municipal, pelo empenho em nos atender, tirar nossas dúvidas e cadastrar as famílias”, destaca. Cada apartamento possui 40 metros quadrados e é composto por dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

Ao todo, são três mil pessoas beneficiadas com os dois residenciais. A primeira etapa do programa contempla mais de sete mil famílias com renda de zero a três salários mínimos. Também estiveram presentes no ato o deputado estadual Zé Neto; superintendente da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano, Eleonora Márcia, representando o governador Jaques Wagner; e superintendente da Caixa Econômica Federal, José Raimundo Cordeiro Júnior.

Recuperação asfáltica da João Durval

A recuperação da pavimentação asfáltica da avenida João Durval Carneiro vai começar dentro em breve. A licitação 320/2011, referente à obra, foi homologada no dia 14 de fevereiro e teve como empresa vencedora a empresa Mazza Engenharia Ltda. O serviço será realizado com Concreto Betuminoso Usinado à Quente (CBUQ).

As melhorias serão executadas nas duas vias compreendidas entre a Praça Áureo Filho, no bairro Tomba, e a Avenida Presidente Dutra. A obra totaliza investimentos da ordem de R$ 1.089.000.00 e vai beneficiar tanto os moradores locais, quanto condutores e pedestres, que trafegam pela avenida diariamente.

Para o motorista e aposentado Raimundo de Azevedo a obra representa uma nova realidade. “Estávamos precisando desse serviço há muito tempo, pois a João Durval estava com muitos buracos. Isso prejudica demais”, afirma.A comerciante Ivete Nascimento também conta que já foi prejudicada com os buracos que há na via pública.

“A situação está precária e precisa de melhorias o quanto antes. Ficamos mais tranqüilos em saber que o Governo Municipal vai fazer esta obra”, comenta.O resultado da homologação foi publicado em jornal de circulação local na quarta-feira (15/02/2012).

Órgãos municipais voltam a funcionar na quarta

As repartições públicas municipais que não prestam serviços essenciais à população e não estão sujeitas a regime de plantão retomam o funcionamento na quarta-feira (22/02/2012), a partir das 13h. Devido ao feriado de Carnaval (terça-feira, 21), o Governo Municipal decretou expediente facultativo na segunda-feira (20/02/2012).

O comércio também terá seu horário de funcionamento alterado. As lojas funcionam normalmente neste sábado (18/02/2012), mas na segunda-feira não abrem, em virtude do Dia do Comerciário. Na terça-feira o comércio também não funciona, voltando na quarta-feira, a partir das 8h.

O Parque da Cidade frei José Monteiro Sobrinho, localizado no Feira VII, e o Parque da Lagoa Radialista Erivaldo Cerqueira, situado na avenida José Falcão, funcionam normalmente no sábado (18/02/2012) e domingo (19/02/2012), das 8h às 17h, e estarão fechados na segunda e terça-feira. Os equipamentos voltam a funcionar na quarta-feira (22/02/2012) a partir do meio dia.

As atividades no Restaurante Popular do Centro de Abastecimento também sofrerão alterações. O fornecimento de almoços será suspenso na segunda-feira (20/02/2012) retornando na quinta-feira (24/02/2012), às 11h. O Centro de Abastecimento estará fechado apenas na terça-feira (21/02/2012).

Podas de emergência na Cidade Nova

Atendendo a reivindicações da comunidade, a Defesa Civil de Feira de Santana desencadeou nesta sexta-feira (17/02/2012) ação de poda emergencial de árvores em praças localizadas no bairro Cidade Nova. O trabalho, como explica o coordenador do órgão, Luiz Américo, tem como objetivo a prevenção de acidentes. Os serviços foram iniciados na praça situada entre as ruas 2, H e I.

Em seguida, técnicos da Defesa Civil promoveram a poda de vegetais na Praça do Velho Chico, instalada entre as ruas I e H. Na primeira praça foram podadas árvores que ofereciam risco de queda sobre os imóveis. A manicure Rosemeire Nascimento informa que solicitou a poda através da Central Disque Denuncia (CDD), acionada através do número 156.

“A minha maior preocupação era que os galhos dessas árvores desabassem em cima de minha casa. Seria uma tragédia, porque, além dos danos materiais podia atingir alguém, provocando ferimentos e até mesmo a morte. As árvores precisavam dessa manutenção, porque já estavam causando vários transtornos, como interferências na rede elétrica”, declara a moradora.

Luiz Américo informa que ações desse tipo são realizadas constantemente. “O cidadão solicita o serviço através do 156. A informação é passada para a Secretaria de Serviços Público, que informa a solicitação para a Secretaria de Meio Ambiente, responsável pela autorização para execução de podas. Em seguida a Defesa Civil executa a poda, garantindo mais segurança para as comunidades”, explica.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113876 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]