UNEB inaugura em Xique-Xique anfiteatro para 300 pessoas

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Unidade inicia construção de residência universitária e ampliará capacidade da biblioteca em 150%.

O Campus XXIV da UNEB, em Xique-Xique, abre o ano de 2012 planejando grandes ações. A administração central da universidade vai investir na unidade cerca de R$ 1 milhão em infraestrutura e aquisição de novos equipamentos.

Entre as obras previstas para este ano, a ampliação da biblioteca local − que terá sua capacidade de usuários aumentada em 150% − é uma das prioridades.

Em 2012, também serão finalizadas a construção do anfiteatro − com capacidade para 300 pessoas e inauguração prevista para março − e a primeira residência universitária do campus.

O departamento planeja também para este ano a criação de duas novas graduações: o bacharelado em engenharia ambiental e a licenciatura em ciências da natureza.

Os projetos dos cursos já foram encaminhados à Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da UNEB para avaliação e devem ser apreciados pelo Conselho Universitário (Consu) da universidade no segundo semestre deste ano.

A previsão é que as novas graduações já sejam oferecidas no Vestibular 2013 da universidade 2011: área de convivência e ampliação do laboratório de informática.

No ano passado, o Campus XXIV tocou diversos projetos, que demandaram investimento de R$ 1,6 milhão, proveniente da administração central e da prefeitura municipal.

Exemplo disso foi a criação do curso de engenharia de pesca, que representou um importante avanço para a região de Xique-Xique, banhada pelos rios São Francisco, Verde e Grande, configurando-se na maior bacia pesqueira de peixes nativos do Velho Chico.

Além das intervenções para garantir a qualidade do novo curso, o departamento inaugurou uma área de convivência com três quiosques, ampliou de 30 para 50 usuários a capacidade do laboratório de informática e adquiriu acervo bibliográfico para os cursos de engenharia de pesca e de letras e para as licenciaturas oferecidas por meio do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor), do Ministério da Educação (MEC).

O campus, que conta com 500 estudantes matriculados e dispõe de uma infraestrutura com 11 salas de aula, sete laboratórios e biblioteca com acervo de quatro mil exemplares, oferece atualmente as licenciaturas em letras com língua portuguesa e literaturas, pedagogia, geografia e história, além do bacharelado em engenharia de pesca.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10095 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).