Rede estadual da Bahia passa a ofertar curso técnico em Arte Dramática

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

A Rede Estadual de Educação Profissional da Bahia passará a ofertar no primeiro semestre deste ano o curso técnico em Arte Dramática. O curso será ofertado no Colégio Estadual Deputado Manoel Novaes, em Salvador, e tem como proposta qualificar os estudantes para atuarem no mundo do trabalho como atores de teatro. São 60 vagas, sendo 30 para o turno matutino, na forma de articulação Educação Profissional Integrada ao ensino médio (EPI), e 30 para o turno noturno, do Proeja/Médio.

Com duração de quatro anos, o curso de EPI é voltado para estudantes da rede pública, a partir de 14 anos, que, de maneira integrada, terão formação do ensino médio e profissional. Já o Proeja/Médio é direcionado a estudantes da rede pública, a partir dos 18 anos, que concluíram o ensino fundamental. O curso tem duração de dois anos e meio. Os interessados devem efetuar a matrícula de 18 a 25 de janeiro na própria unidade. Informações pelo telefone da unidade: (71) 3247-1433.

Os estudantes que obtiverem a formação no curso técnico em Arte Dramática poderão tirar o registro profissional (DRT) por meio do Sindicato dos Artistas e Técnicos da Bahia (Sated -BA). Com o registro em mãos, será possível participar de produções teatrais e publicitárias, televisivas e cinematográficas no cenário estadual, nacional ou internacional.

Cristiane Barreto, coordenadora do curso, diz que a necessidade de implantar o curso técnico em Arte Dramática é justificada pela demanda existente no teatro baiano. “O mercado teatral baiano está a cada ano em crescente desenvolvimento, podemos observar a quantidade de atores baianos que estão nas produções teatrais locais e em âmbito nacional. Desta forma, um curso da Educação Profissional nesta área dará a diversos jovens, a oportunidade de ingressarem no mundo do trabalho teatral baiano e, possivelmente, na universidade, para o aperfeiçoamento acadêmico”, disse.

A rede Estadual de Educação Profissional da Bahia já oferta 72 cursos técnicos de nível médio. Todos os cursos são baseados no trabalho como princípio educativo e na intervenção social como princípio pedagógico.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10094 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).