PROUNI abre inscrições com aproximadamente 200 mil bolsas de estudo em universidades privadas

PROUNI abre inscrições com aproximadamente 200 mil bolsas de estudo em universidades privadas.
PROUNI abre inscrições com aproximadamente 200 mil bolsas de estudo em universidades privadas.

“Cerca de 85% da oferta da educação básica, no Brasil, é pública. O inverso acontece com a educação superior. Por isso, é imprescindível que o Governo implemente políticas públicas que visem à inclusão de estudantes egressos da rede pública em uma instituição de ensino superior privada”, afirma a professora Nadja Viana, presidente da ABAMES – Associação Baiana de Mantenedores de Ensino Superior. Para dar oportunidade a jovens que não têm condições financeiras de custear uma graduação em uma instituição particular, o Prouni – Programa Universidade Para Todos, uma das políticas públicas de inclusão, inscreve para o primeiro semestre de 2012, entre os dias 14 e 19 de janeiro. As inscrições devem ser feitas pelo site: prouniportal.mec.gov.br.

Este ano, o PROUNI vai oferecer, aproximadamente, 200 mil bolsas de estudo para estudantes de instituições privadas, em todo o país, sendo mais de 50% delas integrais. De acordo com Nadja Viana, a quantidade de alunos que concluem a Educação Básica em escolas públicas é muito maior do que o número de vagas oferecidas pelas universidades públicas, que são gratuitas. Diante deste cenário, medidas de inclusão são de grande importância para o desenvolvimento da sociedade. Para a professora, “Programas como esse dão oportunidade de mudança de vida e crescimento à parte da população que não tem condição financeira de bancar o ensino superior em instituições particulares. A educação é o alicerce para o crescimento e mudança dos principais problemas do país”.

Para participar, os estudantes devem ter realizado o ENEM e alcançado uma pontuação acima de 40% na prova e nota maior que zero na redação do Exame. As bolsas do programa podem ser integrais ou parciais. O critério de seleção está relacionado à renda familiar per capita. O candidato, cuja renda familiar for de até R$ 933, por pessoa, poderá concorrer a uma bolsa integral. Quem tiver renda familiar de até três salários mínimos, por pessoa, pode concorrer a uma bolsa parcial, de 50%. Nesse caso, é possível associar esse Programa a outro financiamento, que pode ser do governo, como por exemplo, o Fies – Fundo de Financiamento Estudantil, ou até mesmo privado, oferecidos por empresas como Bancos.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111111 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]