Prefeitura Municipal de Feira de Santana beneficiará os alunos da rede municipal com kit escolar. Confira notícias

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Todos os alunos da rede municipal de ensino de Feira de Santana receberão kits de material escolar no início do ano letivo de 2012. A iniciativa faz parte dos investimentos da Prefeitura Municipal no setor, que incluem ainda reforma de escolas e valorização do professor por meio de reajuste salarial e melhoria das condições de trabalho.

As ações este ano seguem o mesmo ritmo de exercícios anteriores, a exemplo de 2010, quando o Município não somente cumpriu o disposto pelo art. 212 da Constituição Federal, aplicando em educação R$ 104.900.395,79. O valor corresponde a 25,15% da receita resultante de impostos, portanto acima do percentual mínimo estabelecido, que é 25%.

Ao contrário de outros municípios, cujos recursos gastos com o setor ficaram bem abaixo do montante recomendado por lei, Feira de Santana se destacou, também em 2011. Até agora são mais de 170 escolas reformadas, sendo algumas delas ampliadas e outras praticamente reconstruídas. Atualmente, 18 unidades estão sendo recuperadas de uma só vez.

Também com relação ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb) o Município atingiu posição de destaque, “Foram aplicados 84,1% dos recursos na remuneração de profissionais em efetivo exercício do magistério”, contabiliza o secretário José Raimundo Pereira de Azevêdo, lembrando que o mínimo exigido é 60%.

Dados como estes certamente têm contribuído para a aprovação das contas da Prefeitura e refletem o compromisso da administração com o setor educacional. O secretário José Raimundo destaca ainda o processo de informatização das escolas, citando como exemplo de resultado positivo a agilidade no processo de matrícula dos alunos da rede.

O prefeito Tarcízio pimenta inspeciona obras na avenida Periferica

Os serviços de pavimentação em paralelepípedo da avenida Periférica, no bairro Parque Lagoa Subaé, seguem em ritmo acelerado. As obras envolvem recursos próprios do Município da ordem de R$ 324 mil e estão sendo executadas pela empresa Metro e Cia Construção, Comércio e Representação Ltda, vencedora da licitação pública promovida pela Prefeitura de Feira de Santana.

Nesta terça-feira (10/01/2012), o prefeito Tarcízio Pimenta, juntamento com os secretário municipais Fabrício Almeida (Comunicação) e Flailton Frankles (Transportes e Trânsito), esteve no local inspecionando os serviços. Na oportunidade destacou que está verificando o andamento das obras promovidas pelo Governo Municipal e informou que novas melhorias serão promovidas em diversos bairros da cidade.

“A pavimentação está seguindo em ritmo acelerado, o trecho da Escola Municipal Professor Luciano Ribeiro já foi concluído. O Governo está fazendo levantamento para, a partir de fevereiro novas intervenções serem iniciadas”, afirma. Para o comerciante Gilberto de Jesus o comércio local vai ganhar novo impulso.

“Esta rua nunca recebeu uma melhoria como esta. Até então, eram só promessas e nada era feito. Agora estamos felizes em ver os homens trabalhando para termos a nossa avenida pavimentada, sem poeira no tempo de calor, e sem lama e crateras em dias de chuva”, destaca.

O motorista Vinicius Lima também está ansioso pela conclusão dos serviços. “Nada melhor do que transitar em uma avenida sem buracos. Este é um bairro populoso, as pessoas precisam ter condições dignas de vida e esta obra vai contribuir e muito para melhorar a nossa vida”, afirma.

Serviço de emergências nas policlínicas de Feira de Santana reduzem tranferencia de paciente para Hospital Creriston Andrade

Um comparativo entre os atendimentos de urgência e as transferências realizadas nas seis policlínicas da rede municipal de saúde de Feira de Santana revela que apenas 1,4% dos casos não são resolvidos nas próprias unidades. Dos 379.485 atendimentos prestados de janeiro a dezembro de 2011, apenas 5.554 casos foram encaminhados ao Hospital Geral Clériston Andrade.

As seis policlínicas, instaladas nos bairros Tomba, Feira X, George Américo, Parque Ipê, Rua Nova e no distrito de Humildes têm garantido a prestação de atendimento imediato de assistência à saúde. Os serviços oferecidos estão voltados ao atendimento a pacientes externos em situação de sofrimento, sem risco de morte (urgência) ou com risco de morte (emergência).

A unidade que registrou o maior número de consultas de emergência foi a do Tomba, com 75.667 atendimentos e 1.603 transferências. A policlínica da Rua Nova também registrou grande demanda no ano, atendendo 75.003 pacientes e transferindo apenas 753. Já na unidade do Parque Ipê, as consultas de emergência totalizam 71.675, enquanto que as transferências 1.137.

As policlínicas do Feira X, George Américo e do distrito de Humildes realizaram, respectivamente, 63.175, 68.814 e 25.151 atendimentos, enquanto que as transferências correspondem a 572, 1.010 e 479. O secretário municipal de Saúde, Getúlio Barbosa, observa que o comparativo revela como os trabalhos realizados pelas unidades são satisfatórios.

“As policlínicas buscam a estabilização imediata dos pacientes e com isso, ajudam a reduzir o número de transferências para as unidades hospitalares, desafogando assim os prontos-socorros. Somente casos considerados gravíssimos, cujos quadros não são revertidos, ou que necessitam de internamento são encaminhados aos hospitais”, salienta.

Conferência Municipal irá debater ações no acompanhamento e controle da gestão pública

A I Conferência Municipal sobre Transparência e Controle Social vai acontecer nos dias 27 e 28 de fevereiro, no Centro de Cultura Maestro Miro. Promovida pela Prefeitura de Feira de Santana, a iniciativa tem como tema “A sociedade no acompanhamento e controle da gestão pública”, e se configura como a etapa preparatória para a 1ª Conferência Nacional.

Na manhã desta terça-feira (10/01/2012), o controlador geral do Município, Paulo Costa Nunes, se reuniu com a coordenação da conferência para operacionalizar as primeiras decisões sobre o evento. Inicialmente foi apresentado o objetivo da conferência, a logística, inscrições e apresentados os componentes da comissao organizadora.

“Teremos a participação do governo, sociedade civil e conselhos sociais. A ideia é debater e propor ações no acompanhamento e controle da gestão pública, fortalecendo a interação entre sociedade e governo”, destaca o controlador do Município.

Alguns dos componentes que vão compor a comissão organizadora são a Associação dos Ministros Evangélicos, Arquidiocese de Feira de Santana, Centro das Indústrias de Feira de Santana (CIFS), Sindicato dos Empregos no Comércio de Feira de Santana e Associação dos Comerciantes, além do Sindicato dos Radialistas.

Na programação do evento constam a realização de debates, que visam estimular os órgãos e entidades públicas a implementarem mecanismos de transparência e acesso às informações e dados públicos, além da discussão sobre medidas de prevenção e combate à corrupção que envolvam ações de governo, empresas e sociedade civil.

Durante o encontro serão elaboradas propostas que deverão ser encaminhadas para o evento de âmbito estadual, a realizar-se nos dias 29 e 30 de março, em Salvador. Na oportunidade também será aprovado o regimento interno da conferência e serão eleitos os delegados representantes da sociedade civil, poder público e dos conselhos de políticas públicas.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108727 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]