Ilha de Itaparica: Um paraíso terrestre

ilha-de-itaparica-um-paraiso-terrestre
ilha-de-itaparica-um-paraiso-terrestre

Para diversificar o ambiente, as praias abrigam lindas mulheres que desfilam pelas areias, com seus biquínis rebeldes e com suas curvas perfeitas, deixando o mundo mais redondo (mesmo não sendo cerveja). 

A ilha de Itaparica, localizada na Baia de Todos os Santos, possui 246 quilômetros quadrados, é uma excelente opção para quem está à procura de um lugar para curtição e, até mesmo, uma boa relaxada. A Ilha como é, simplesmente, chamada possui uma miscigenação fora do comum – é a maior ilha marítima do País – hospeda um dos maiores resorts do Brasil, o que demonstra seu elevado nível de belezas naturais. A ilha de Itaparica é uma verdadeira obra de arte deixada no Brasil pelo Criador para o deleite de turistas de todo o mundo.

ilha-de-itaparica-um-paraiso-terrestre
ilha-de-itaparica-um-paraiso-terrestre

Em língua tupi, “Itaparica” simboliza “cerca de pedra”. Nos seus 246 Km² de beleza, encontramos uma vegetação tropical, feita de exuberantes coqueirais, recifes, manguezais, lindas e agradáveis praias com águas cristalinas – possui mais de 40 km de praias – e encontra-se distribuída em dois municípios; a cidade de Itaparica que possui a única fonte de água hidromineral próximo ao mar das Américas e Vera Cruz, também conhecida como Mar Grande. As duas cidades somam 55.000 habitantes e belíssimos casarões que nos séculos XVII e XVIII hospedaram D. Pedro I e II.

Para diversificar o ambiente, as praias abrigam lindas mulheres que desfilam pelas areias, com seus biquínis rebeldes e com suas curvas perfeitas, deixando o mundo mais redondo (mesmo não sendo cerveja), diga-se que desfilam não só na areia e nas pedras das praias, mas por toda a ilha, como se estivessem disputando um concurso de “Gata da Ilha”, distribuindo charme e observando o movimento, como costumam dizer: azarando.

ilha-de-itaparica-um-paraiso-terrestre
ilha-de-itaparica-um-paraiso-terrestre

Mas, contrastando com toda esta beleza natural, enfrenta a ilha o abandono governamental atestado pela falte de infra-estrutura. São barracas sem padronização, praias sem coleta de lixo, as vias de acesso – seja marítima ou terrestre – sem qualquer preocupação com segurança e conforto, são uma tragédia. Providências urgentes devem ser tomadas para que este “Paraíso Natural” não caia em decadência e deixe de ser alvo da admiração de todos. A Ilha precisa de estrutura no que tange água, luz, transporte, segurança e higienização.

Não deixe de visitar a Ilha de Itaparica.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109964 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]