Guarda Municipal de Feira de Santana registram 2.598 ocorrências em 2011

A Guarda Civil Municipal de Feira de Santana divulgou um relatório das atividades da corporação em Durant o ano de 2011. Os dados são do Sistema Central de Ocorrência Policial (SISCOP) foram 2.589 ocorrências atendidas de janeiro a dezembro. O mês com o maior número de registro foi dezembro, com 363 atendimentos.

A Guarda Municipal conduziu 172 pessoas para Delegacia e Conselho Tutelar. A GM também deu apoio às ações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), com 919 solicitações atendidas. O setor operacional da Guarda Municipal de Feira de Santana presta um serviço de atendimento social diretamente à população feirense e às ocorrências, consideradas como serviço “policial”.

Em 2011, a Guarda realizou 12 operações: Operação Alazão, com a apreensão de 334 animais; Boi Malandro com a Vigilância Sanitária; Arca de Noé; Noite Feliz; Pantera Negra com 17 barracas notificadas; Paixão de Cristo com 45 barracas notificadas; Micareta com 52 conduções à Delegacia; São João com 13 coberturas em eventos juninos com 1800 pessoas abordadas e 12 pessoas conduzidas; São Pedro com 3 coberturas em eventos juninos com 9400 pessoas abordadas e 8 pessoas conduzidas. A operação Paz e Sossego, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente contou com o auxílio da GM em oito oportunidades e 85 ações, em conjunto com a Secretária Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), no trânsito como ordenamento de via e blitz educativa.

Com o apoio a Polícia Civil, foram registrados mais de 1500 Boletins de Ocorrências durante o ano de 2011, onde as pessoas envolvidas são encaminhadas para o Complexo Policial Investigador Bandeira, 2ª Delegacia Policial, Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), Delegacia Especial de Atendimento a Mulher (DEAM) ou Conselho Tutelar.

A maior operação da Guarda Municipal em 2011 foi a “Paz nas Escolas”, com atendimentos realizados diariamente em cerca de 15 escolas feirenses, com visitas dos prepostos nos três períodos de aula. A operação foi criada este ano após as várias solicitações de diretores escolares no intuito de conter agressões verbais e físicas entre alunos e ex-alunos nas unidades de ensino. Realizou-se 180 visitas escolares em 2011, com a apreensão de 130 materiais perfuro-cortantes, três cachimbos de crack, quatro pedras de crack, um pacote de maconha, uma trouxinha de maconha.

A Guarda Municipal também desenvolveu diversas ações preventivas, como a realização de palestras em escolas, além de participação distritos com os seguintes temas: violência escolar e drogas nas escolas.

Tentativas de homícidios. 

Jardim Cruzeiro 

Foi atendido na emergência do Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA), Felipe Santana Santos, 18 anos, morador do bairro do Jardim Cruzeiro. Ele foi baleado no joelho esquerdo por dois homens em uma motocicleta que fugiram, após a tentar roubar um corrente de prata usada pela vítima.

Amélia Rodrigues 

Rogério Pereira Pires, 28 anos, morador do município de Amélia Rodrigues foi atingido com um tiro de raspão na cabeça. O jovem contou aos policiais que teve um desentendimento recentemente com um homem desconhecido.

Centro

Everaldo do Nascimento Bispo, 25 anos, morador da fazenda Comissário na cidade de Coração de Maria foi atropelado na avenida Presidente Dutra, próximo a estação rodoviária de Feira de Santana.

Santa Barbara 

Cristiano de Jesus, 31 anos, foi atingido com várias garrafadas nas costas e nos braços nesta segunda-feira (02/01/2012). O fato aconteceu no interior de um bar no bairro Terra Santa na cidade de Santa Barbara.

Santo Estevão

Mario de Jesus, 50 anos, com residência ignorada sofreu acidente de veículo na BR 116 Sul, próximo ao rio Paraguassu. A vítima teria colidido o veículo que conduzia com uma carreta de dados ignorados.

Bairro Rua nova aguarda instalação de Bae Comunitária

A população do bairro Rua Nova, considerado o mais violento em Feira de Santana no ano passado, aguarda com ansiedade a instalação de uma base comunitária de segurança pública anunciada pelo Governo do Estado para 2012. A localidade liderou as estatísticas de homicídios em 2011, com o registro de 19 assassinatos, entre as 397 mortes violentos que aconteceram na cidade.

O comerciante Carlos Alberto Silva é morador da Praça da Fraternidade, na Rua Nova, onde existe um módulo policial desativado há cerca de dois anos. Ele espera que, de fato, a instalação da base de segurança aconteça. “Seria bom porque iria inibir a violência. O módulo policial ajudava, mas está fechado”, disse um morador a reportagem.

Outro bairro que vai ser contemplado com uma base comunitária de segurança pública é o George Américo, onde foram registrados 18 homicídios em 2010. O local ficou em segundo lugar no número de crimes registrados pela polícia.

O anúncio dos investimentos foi feito pelo Secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, durante visita a Feira de Santana no mês de dezembro. Segundo ele, as bases a serem instaladas na cidade, que já existem em alguns bairros de Salvador, funcionarão de forma semelhante às UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) do Rio de Janeiro.

Mobilização 

Também preocupados com a violência no bairro, músicos da Rua Nova farão um “Arrastão da Paz” no próximo domingo (08/01/2012). A concentração da caminhada será na Praça 5 de maio, às 14h, e está sendo organizada por Beto Maravilha, Libú do reggae, Arlécio e Ninho.

*Com informações do Blog Central de Polícia

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111075 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]