Governo promete recursos federais para estados e municípios que elaborarem projetos de defesa civil

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.

O governo federal tem recursos para liberar este ano para municípios e estados que queiram elaborar projetos de prevenção a desastres naturais. A informação foi dada ontem (04/01/2012), em Ouro Preto (MG), pelo secretário nacional de Defesa Civil, Humberto Viana.

“Temos, para 2012, cerca de R$ 28 milhões em recursos orçamentários para repassar a estados e municípios que desejem elaborar um projeto de prevenção e proteção”, disse Viana, que visitou algumas das cidades mais afetadas pelas chuvas que desde outubro de 2011 castigam Minas Gerais.

Segundo Viana, o Ministério da Integração Nacional, ao qual a secretaria é vinculada, decidiu destinar parte dos recursos existentes para ajudar os governos estaduais e municipais a qualificarem os projetos que apresentam para obter recursos federais para investirem em Defesa Civil.

“Temos, em todo o país, uma deficiência na qualidade dos projetos apresentados. E se os projetos entregues não são bem qualificados do ponto de vista, por exemplo, de engenharia, eles não podem ser aprovados”.

Especificamente em relação a Minas Gerais, onde 66 municípios já decretaram situação de emergência e ao menos seis pessoas morreram epor causa das fortes chuvas, Viana disse que o ministério aguarda que o governo estadual apresente projetos com a real avaliação dos estragos e de quanto dinheiro será necessário para recuperar os prejuízos.

“O momento é de prestar solidariedade às vítimas e a suas famílias. Vamos aguardar o projeto do governo estadual para então tratarmos da liberação de recursos”, disse o secretário antes de elogiar os esforços mineiros.

“A quantidade de água que caiu nos levava a crer que teríamos uma quantidade maior de mortos e problemas. O sistema de monitoramento de elevação do nível dos rios permite uma eficiência maior da Defesa Civil”.

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, concedeu, hoje, uma entrevista coletiva para explicar as acusações de ter favorecido seu estado, Pernambuco, na liberação de recursos. Segundo a assessoria dele, amanhã Bezerra viaja para o Rio de Janeiro e na sexta-feira deve visitar Minas Gerais.

Sobre Carlos Augusto 9656 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).