“A ViaBahia continua tratando mal os usuários da Br 324”, afirma deputado Zé Neto

Atuação da concessionária ViaBahia, na manutenção da BR 324, é criticada.Atuação da concessionária ViaBahia, na manutenção da BR 324, é criticada.
Atuação da concessionária ViaBahia, na manutenção da BR 324, é criticada.

Atuação da concessionária ViaBahia, na manutenção da BR 324, é criticada.

O deputado estadual e líder da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Zé Neto, vem acompanhado de perto a atuação da concessionária Via Bahia administradora das Brs 116 e 324. Depois de grande pressão da sociedade, da classe política e do ministério público, a Via Bahia começou a executar as obras previstas no contrato.

Segundo Zé Neto, é possível reconhecer que nos últimos dias aconteceram incrementos em equipamentos e até obras podem ser vistas no decorrer da s rodovias. No entanto, as intervenções vem sendo feitas sem programação ou estudo logístico, o que tem acarretado grandes transtornos aos usuários da Br 324. “Chego a pensar que os engarrafamentos e bloqueios desprogramados, em muitas vezes desprovidos de orientação de trafego no ponto de vista técnico do fluxo, tenham sido feitos para que as obras apareçam mais do que os resultados”, comenta.

Falando sobre os frequentes bloqueios e engarrafamentos Zé Neto observa “todos os dias, permanentemente, as vias estão sendo bloqueadas sem acompanhamento de Polícia Rodoviária Federal ou sem acompanhamento dos órgãos de trânsito dos municípios diretamente afetados, no caso as cidades de Feira de Santana e Salvador”.

Na manhã desta terça-feira (10/01/2012), a Via Bahia esteve fazendo obras na Br 324. Em uma via conturbada com a grande movimentação de veículos, duas das três faixas foi obstruída pelos funcionários que estavam executando a obra, o que causou mais um engarrafamento na área. Durante deslocamento Feira de Santana – Salvador, o deputado estadual ficou 1h30 no trecho do Cia até a Jaqueira. “Hoje, pela manhã, vi de perto um trabalhador com um cone na mão bloqueando e desbloqueando a última faixa das três de trânsito ao seu bel entendimento, nas imediações do trecho Jaqueira. Com que técnica ou logística ou mesmo otimização essas intervenções são feitas? “, quastiona o parlamentar. O deputado observou ainda que “as intervenções em rodovias desse tipo devem ser acompanhadas dos órgão estaduais e federais, que são os responsáveis pelo trânsito”.

As obras nas Brs 116 e 324 são muito necessárias, mas é preciso programar as intervenções para não penalizar os usuários com bloqueios em horários de grande movimento. Mais uma vez, o deputado estadual Zé Neto, na condição de representante legislativo que tem responsabilidade com a sociedade, vai entrar com ação no ministério público contra a concessionária. “Com material completo, incluindo imagens para ilustrar o que chamo de abuso e mal trato com o usuário que paga pedágio para a empresa concessionária”, explica.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]