Seagri, Adab e Mapa entregam certificados de propriedade livre de Brucelose e Tuberculose para produtores de Uibaí

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

O secretário da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles, o diretor geral da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), Paulo Emílio Torres, e a superintendente do Ministério da Agricultura no Estado da Bahia, Virginia Hagge, entregaram quatro certificados de propriedades livres de Brucelose e Tuberculose a produtores do município de Uibaí. O ato aconteceu na Fenagro 2011, no espaço da cadeia produtiva da bovinocultura de corte.

Dentre as autoridades presentes, o prefeito de Uibaí, Pedro Rocha, ressaltou a importância dessa certificação e agradeceu a Adab pelo apoio na melhoria das condições técnicas, relacionadas à produção, comercialização e cursos de capacitação na área de laticínios.

Para o secretário, a certificação é muito mais do que um simples papel. É qualificação para os produtores baianos ultrapassar as barreiras internacionais e conquistar espaço no mercado externo. “Assim o governo oferece condições de competitividade, ao mesmo tempo em que gera emprego e renda para o agricultor familiar”, apontou Salles.

A Bahia é o primeiro Estado do Nordeste e o terceiro do Brasil com o maior número de propriedades certificadas como Área Livre de Brucelose e Tuberculose. No total, o Estado possui 16 fazendas certificadas pelo Ministério da Agricultura (Mapa) e Secretaria da Agricultura (Seagri), através da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab).

O programa de certificação de propriedades livres para Brucelose e Tuberculose, de âmbito nacional, foi iniciado na Bahia em 2009 e tem como objetivo conseguir a adesão de todas as propriedades da cadeia leiteira do Estado. “Após esta etapa será possível organizar as indústrias de laticínios para processarem leite originário apenas de propriedades certificadas, incrementando a cadeia do leite na Bahia, uma das prioridades do governo do Estado”, explicou o diretor geral da Adab, Paulo Emílio Torres.

O produtor que optar iniciar o processo de certificação como propriedade livre de Brucelose e Tuberculose deve ir a um dos 428 escritórios locais da Adab espalhados por todo o Estado, e preencher um requerimento de adesão ao programa. No momento da inscrição, ele receberá todas as informações sobre os procedimentos para o processo de certificação de sua propriedade.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112725 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]