Prefeitura, Ministério das Cidades e estatais espanholas celebram parceria em prol dos trens e metrô de Salvador

prefeitura-ministerio-das-cidades-e-estatais-espanholas-celebram-parceria-em-prol-dos-trens-e-metro-de-salvadorO prefeito de Salvador, João Henrique, e o ministro das Cidades, Mário Negromonte, assinaram ontem (07/12/2011), na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, um convênio com duas empresas estatais espanholas que atuam na área de transportes (Feve e Euskotren, de Madri e Bilbao, respectivamente), que consiste numa cooperação acerca do sistema ferroviário e do Metrô de Salvador. Aexpertise destas estatais será importante para o aperfeiçoamento dos sistemas de trem e metrô em Salvador.

A Região Metropolitana de Bilbao, na Espanha, conta om 41 Km. e 41 estações de metrô. “Esta cooperação entre estas empresas estatais espanholas, o Ministério das Cidades e a Prefeitura de Salvador visa melhorar a oferta de opções de mobilidade urbana. Num primeiro momento, os técnicos realizarão, no prazo de um mês, sem custos para o município de Salvador, um diagnóstico da situação da cidade nesta e logo após serão realizadas propostas para otimizar os sistemas intermodais”, afirmou o prefeito João Henrique. A proposta inclui a Gestão Ambiental de Eficiência Energética nos meios de transporte.

De acordo com o ministro Mário Negromonte, “não é razoável tomar medidas de contenção de utilização de carros particulares neste momento. Primeiro, é necessário ofertar à população um transporte de massa de qualidade. E estamos caminhando neste sentido”, frisou. “Grandes cidades como Salvador vão dar as respostas necessárias que a população precisa para resolver as questões relacionadas à mobilidade da população”, afirmou o vice-ministro de Transportes e Obras Públicas do Estado de Bilbao.

Também presente ao encontro, o chefe da Casa Civil da Prefeitura, João Leão, informou que dentro de cerca de trinta dias estará em fase de testes uma das composições do metrô de Salvador. “Além disso, após a conclusão nas obras da Ponte São Joao, os trens do Subúrbio Ferroviário estarão operacionalizando com os vagões com ar-condicionado. Atualmente, com a interrupção do trajeto na ponte, os trens estão operando com 8.000 passageiros por dia. Vamos operar com cerca de 60.000 passageiros diariamente”, pontuou Leão.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9397 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).