Movimento no Terminal Rodoviário de Feira de Santana começa a se intensificar. Confira notícias da PMFS

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

O fluxo de pessoas no Terminal Rodoviário de Feira de Santana já está intenso desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (30/12/2011). A expectativa da Agerba (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia) é que a quantidade de pessoas que vão deixar a cidade seja o dobro do ano passado.

A previsão é que 140 mil pessoas passem pelo equipamento neste período de festas de final de ano (entre os dias 19 e 31 de dezembro). Vários horários extras foram colocados para atender a demanda do período. A orientação para os passageiros é de chegar à rodoviária com pelo menos 30 minutos de antecedência.

De acordo com o diretor da SINART, Selmo Marques de Oliveira, durante o feriado natalino o crescimento do movimento no local, no comparativo com o mesmo período do ano passado, foi de 7%. “No Natal a média foi de quatro mil pessoas embarcando por dia e para o Reveillon a expectativa é que esse número seja ainda maior”, acredita.

O cabeleireiro Rubens Aguiar vai passar o Ano Novo em Madre de Deus, um dos destinos mais procurados pelos feirenses. “Comprei a passagem antecipadamente, justamente para viajar de forma tranquila e chegar em um horário bom. Agora é embarcar e curtir o Reveillon com a família e amigos”, declara.

Além das praias, as cidades da Chapada Diamantina também são uma boa opção. “No ano passado fui para Lençóis e adorei. Este ano vou novamente, com alguns familiares e amigos, e espero que seja tudo de bom”, destaca a estudante universitária Luciene Coutinho.

Mais de 50 mil famílias contempladas com Bolsa Família 

O número de famílias contempladas com o programa Bolsa Família aumentou mais de 43% nos últimos três anos. Em 2008, 28.900 pessoas recebiam o benefício, enquanto hoje o número chega a 50.750. Os dados são do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). Com o aumento substancial de famílias assistidas pelo Bolsa Família, o recurso destinado para o Município de Feira de Santana também aumentou. O valor sofreu um acréscimo de R$ 3.286.432 milhões para R$ 5.919.280 milhões, o que representa uma diferença de R$ 2.632.848 milhões. 

Entre os anos de 2010 e 2011, o aumento de famílias beneficiados com o Bolsa Família foi de 5.250, saindo de 45.500 para 50.750 famílias. Segundo a coordenadora do programa em Feira de Santana, Vitória Régia Santos Leal, este acréscimo é resultado do trabalho desenvolvido pela Prefeitura de Feira de Santana, acompanhado por assistentes sociais.

“O prefeito Tarcízio Pimenta nos deu uma condição de trabalho muito boa. Temos duas equipes compostas por pesquisadoras e assistentes sociais que vão a campo diariamente, e não deixam de visitar os beneficiários e renovar cadastros um dia sequer”, assegura Vitória Régia.

Ela acrescenta que o Governo Federal está solicitando aos idosos e portadores de necessidades especiais que nunca contribuíram com a previdência e recebem o benefício para fazer o Número de Identificação Social (NIS). No entanto, a coordenadora adianta que o processo será realizado durante todo o ano de 2012 na Central de Atendimento, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso).

“Teremos o ano de 2012 todo para fazer o processo, tanto de recadastramento quanto de expedir o Cadastro Único. Não precisa agonia, mas por medo de perderem o benefício as pessoas continuam se deslocando, mesmo sem haver necessidade. Já constatei uma pessoa que em um mês retornou aqui seis vezes”, conta a coordenadora.

Hoje há 66 mil famílias cadastradas no CadÚnico, sendo que algumas delas recebem o Bolsa Família e outras são contempladas com tarifas sociais como da Coelba, NIS idoso e NIS BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Alta temporada do artesanato no Centro 

Bonecas de pano, bolsas de palha, esculturas de galhos de árvore ou cipó e até peso de porta personalizado. O artesanato produzido em Feira de Santana e região é evidenciado pela criatividade desses artistas populares. Tudo é confeccionado para vender. Por isso, surpreender e agradar o cliente se torna uma necessidade na confecção de cada item. 

Um dos locais mais procurados nessa época do ano, principalmente por turistas, é o Centro de Abastecimento. Em vários boxes do entreposto comercial é possível encontrar não apenas uma grande variedade de itens, mas flagrar a forma como é feito cada produto. A artesã Valdira de Sena é uma das mais antigas do local. Ela confecciona e vende artesanato há mais de 20 anos.

Sua matéria-prima preferida é pano e sisal. “Faço bonecas de pano, vassourinhas de sisal, peso de porta, dentre outras coisas”, enumera Valdira. Ela diz que a maioria dos clientes são pessoas que vêm de outras cidades, e até outros países. “Os turistas acabam valorizando mais do que as pessoas da cidade”, observa.

E podem ser encontradas lembrancinhas a partir de R$ 1,00. “Faço lencinhos bordados que as pessoas que vêm de fora compram muito. Custa R$ 1,00 cada um, e aí os turistas compram logo dez ou vinte e levam como lembrancinhas da Bahia para dar a amigos e familiares”, aponta. As bonecas de pano são também bastante procuradas. “A gente faz desde as pequenininhas, até as maiores. E as pessoas gostam muito”.

O comerciante Antônio Fernandes revela que existe também uma espécie de intercâmbio entre os artesãos de Feira de Santana com outras cidades. “A gente manda para outros lugares produtos que a gente faz, em troca do que é feito em outras praças. Temos aqui, por exemplo, redes e esteiras vindas do Ceará”, explica.

Fernandes observa ainda que personalizar o produto é muito importante. “A gente trabalha inclusive em cima de itens que já compramos pronto. Como colocar enfeite em chapéus, em cestas, peças de panos, tudo para oferecer ao cliente um produto diferenciado, um produto único”, destaca. O Galpão de Artesanato do Centro de Abastecimento foi totalmente revitalizado pelo Governo Municipal este ano.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108671 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]