Justiça nega liberdade a Marcos Valério e ex-sócios; Caso envolve Operação Terra do Nunca

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

O desembargador Jefferson Alves de Assis, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), negou hoje (06/11/2011) o pedido de liberdade do publicitário Marcos Valério e de mais quatro pessoas presas na última sexta-feira (02/12). As prisões, 15 no total, foram parte da Operação Terra do Nunca, que apura esquema de grilagem e falsificação de documentos na cidade de São Desidério, localizada no oeste baiano.

O desembargador entendeu que Valério deve continuar preso para que não haja risco de prejuízo às provas do processo, como títulos e escrituras de cartório. Também foi negada a liberdade dos ex-sócios do publicitário na agência DNA, Francisco Marcos Castilho Santos e Margareth Maria de Queiroz Freitas.

Mais duas pessoas tiveram o pedido de habeas corpus negado: agricultou Adroaldo Moreira da Costa e o empresário Raimundo Varques Gonçalves Lima. Eles foram presos em Barreiras, cidade próxima a São Desidério.

De acordo com a assessoria do TJBA, ainda resta um pedido de liberdade para o desembargador analisar, mas isso só deve ocorrer amanhã (7). O setor não sabe de quem é o pedido, mas provavelmente é do publicitário Ramon Hollerbach, ex-sócio de Valério na agência SMPB que também foi preso em Belo Horizonte. A defesa entrou com pedido de habeas corpus na segunda-feira (5).

Entre as pessoas presas na última sexta-feira (2), quatro eram de Belo Horizonte (Valério e os ex-sócios), uma de São Paulo e dez de Barreiras.

A decisão ainda pode ser contestada na 2ª Câmara Criminal, órgão colegiado do qual o desembargador faz parte. No entanto, o órgão não deve se posicionar sobre o assunto esta semana porque é feriado no Judiciário na quinta-feira (8), dia que a 2ª Câmara se reúne.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9388 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).