José Carlos Aleluia provoca: Governador Jaques Wagner deve aprender na Colômbia a combater a violência

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

“O governador Jaques Wagner deveria aproveitar suas férias na Colômbia para conhecer as bem-sucedidas ações do governo colombiano no combate à violência. Quem sabe aproveita alguma ideia para segurar a escalada da criminalidade em nosso estado”, recomenda o presidente estadual do Democratas, José Carlos Aleluia.

Além do crescente índice de homicídios que apavora os baianos, Aleluia manifesta indignação com a audácia dos bandidos que proliferam na Bahia. “Outro dia, estouraram um caixa eletrônico na vizinhança do Palácio de Ondina. Na semana passada, invadiram um restaurante no Pelourinho, armados de facão e pistola, para assaltar duas famílias de turistas franceses”.

Para o líder oposicionista, a violência impede o desenvolvimento econômico e a possibilidade de redução das desigualdades sociais. “Será que o governador Wagner, que demonstra tanta preocupação com a questão social, não enxerga isso. O turismo, por exemplo, atividade com grande potencial de geração de emprego e renda na Bahia, é um dos maiores prejudicados com a criminalidade que assola o estado”.

Aleluia lembra a Wagner que a segurança é um direito humano e sugere: “Conheça Medelin, na Colômbia, cidade que esteve sobre o controle de narcotraficantes e com alto índice de violência. Lá houve uma série de medidas que deram certo. Hoje tem número de homicídios bem menor que Salvador”.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9609 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).