Em Feira de Santana, na madrugada desta sexta-feira, dois jovens morreram em troca de tiros com a PM

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Dois jovens aparentando 20 anos, ainda não identificados morreram na madrugada desta sexta-feira (09/12/2011), após um confronto com equipes da Polícia Militar de Feira de Santana no conjunto Feira VI, próximo ao bar Fifó.

Segundo entrevista do sargento Gilmar Bezerra, os elementos estavam assaltando uma vítima e teria reagido com a chegada da viatura da Lobo 77 da 65ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM).Os assaltantes teriam iniciado a troca de tiros contra os militares que revidaram. Outra patrulha do Tático Móvel deram apoio na operação, sob o comando do sargento Bastos que informou a fuga de um dos elementos a imprensa.

Os corpos foram foi removidos para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para serem necropsiado. Esse foi a décimo primeiro alto de resistência registrado em 2011.

Movimentação no DPT: Homicídio, atropelo e acidente

Três corpos foram liberados do Departamento de Policia Técnica (DPT) de Feira de Santana na tarde desta quinta-feira (08/12/2011), após serem necropsiados.

Acidente

Asclepiades de Jesus, 66 anos, morava no município de Retirolândia morreu na manhã desta quinta-feira (08/12/2011) na unidade de saúde de Feira de Santana.

Segundo parentes, a vítima estava de carona em uma motocicleta quando ao passar pelo um quebra mola ocorreu o acidente, próximo ao município de Conceição de Coité.

Homícidios

Rogério Pereira Evangelista, 29 anos, foi morto a tiros município de Serra Preta onde residia. O corpo da vítima foi encontrado na fazenda Tinguir, mas não há detalhes sobre o crime.

Atropelo

Morreu no Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA), José Santos Cardoso, 39 anos, morava na rua M, casa 70 no conjunto Feira X.

A vítima foi atropelada no dia (03/12/2011), próximo Sest/Senat no bairro Tomba por um veiculo de dados não anotados. Blog Central de Polícia, com informações de Virgílio Porto.

Jovem é encontrado morto com tiro no peito; polícia suspeita de suicídio

Tiago Santos Gonçalves, de 26 anos, foi encontrado morto na tarde desta quinta-feira (08/12/2011) em uma estrada do povoado de Santa Luzia, no distrito de Governador João Durval (Ipuaçú).

Segundo informações do comandante da Guarda Municipal, Marcos Vinícius, o corpo apresentava uma perfuração na altura do peito, e ao lado foi encontrada uma espingarda.

O local foi isolado até a chegada dos peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT). A polícia trabalha com a hipótese de suicídio, mas aguardará a conclusão do DPT para esclarecer a morte do jovem. A vítima morava a poucos metros do local onde foi encontrado.

Blitz da PM apreende vários ciclomotores no centro da cidade

O número de furtos e roubos de motocicletas em Feira de Santana continua crescendo em vários bairros, e as motos de 50 cilindradas são a febre do momento por conta do seu custo são bastante visadas pelos bandidos.

Um fato que tem chamado a atenção das autoridades é o número de roubos destas motocicletas que não são emplacadas. Um bom exemplo é a moto da marca Shineray, preferida pelos bandidos para utilizá-la em assaltos a pedestres.

Por esse motivo, o Pelotão Asa Branca da Polícia Militar realizou na manhã desta quinta-feira (08/12) uma blitz próximo à Praça da Matriz no sentido de orientar os condutores de veículos ciclomotores de duas rodas, com potência de até 50 cilindradas e velocidade inferior a 50km/h. Segundo o PM Adiel Brilhante, alguns condutores desses veículos tem causando transtorno na cidade, desrespeitando as leis de trânsito.

“Esses veículos ciclomotores não possuem placa, que é o registro identificador dos veículos. Nessa situação, os condutores acabam dirigindo de qualquer forma: sobem em calçadas, não respeitam o sinal e etc”, contou o policial.

O militar informou que somente em Feira de Santana existe aproximadamente 60 mil motocicletas, e praticamente 10% são ciclomotores. De acordo com ele, já existe estatística de acidentes e roubos utilizando esses veículos.Durante as blitze, aproximadamente 34 condutores que não estavam devidamente habilitados com os equipamentos obrigatórios como: retrovisores ou faróis tiveram o veículo encaminhado até a 3ª Ciretran, onde só serão retiradas com uma pessoa habilitada.

Alerta 

Nestes casos, as autoridades policiais recomendam que os donos das motos estejam de posse da nota fiscal, para que nas abordagens pelos policiais, não sejam constrangidos e conduzidos para averiguação na delegacia.

” Os bandidos estão migrando para assaltos de pequeno porte, em razão do veículo não possuir placa de identificação e dificultar o trabalho de investigação da polícia”, informou um investigador da polícia civil.

Outro fato importante é a adulteração das motos de 50 cilindradas que estão sendo ‘‘envenenadas’’, ou seja, sofrendo modificações de peças para competir com as motos de maior cilindrada, e consequentemente facilitar a fugaapós o cometimento dos crimes.

A lei 

O policial informou ao repórter Denivaldo Costa que as pessoas precisam saber que para conduzir os ciclomotores é necessário ter a Autorização para Conduzir Ciclomotor (ACC).

O candidato deverá preencher os mesmos requisitos exigidos para as categorias A, B e AB: ser penalmente imputável (ter mais de 18 anos), saber ler e escrever, possuir documento de identidade e Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Segundo o PM Brilhante, o mesmo procedimento para a obtenção da Permissão Para Dirigir (PPD), os candidatos à ACC devem passar por exame de aptidão física e mental, avaliação psicológica, exame escrito sobre o conteúdo programático integral de um Curso para Formação de Condutor e exame de direção veicular, realizado em área especialmente destinada para tal fim, e no veículo para o qual está se licenciando.

*Com informações do Blog Central de Polícia

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113540 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]