Comércio aprova pacote e consumidores adiam compras para esperar queda de preços dos eletrodomésticos

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

As medidas anunciadas pelo governo na manhã de hoje (01/12/2011) para aumentar o consumo irão gerar efeito positivo porque a queda dos preços estimula a demanda. A avaliação é do assessor econômico da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP) Fábio Pina. Entretanto, para ele, o governo deveria adotar medidas mais duradouras para estimular o comércio e a economia do país.

“Toda as reduções de impostos são bem-vindas, mas eu estranho que, em três anos, esta seja só a segunda vez que o governo implante medidas dessa ordem para estimular o consumo. Por que não faz uma reforma consistente de longo prazo? Não tem sentido adotar medidas pontuais e não uma política de redução da carga tributária no pais”, criticou.

A redução de impostos surpreendeu os consumidores que faziam compras em uma rua de comércio popular do bairro da Lapa, na zona oeste de São Paulo. A ajudante de cozinha Eliana Maia de Souza disse que, há dois meses, está pesquisando o preço de uma geladeira que será paga em parcelas. Informada sobre a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) que incide nos eletrodomésticos da linha branca, ela não ficou animada para reiniciar a pesquisar. “Vou ver aqui, se o preço estiver bom eu compro hoje mesmo, sem pesquisar mais”.

A dona de casa Maria Helena Campos também desconhecia as medidas anunciadas pelo governo para estimular o consumo de determinados produtos. Ela está procurando um fogão e uma geladeira novos para renovar a cozinha, cujos equipamentos já têm 20 anos, e admite esperar um pouco para ver se os preços cairão. “Quero trocar há muito tempo e, agora, se há essa redução do IPI, fica mais fácil pois posso gastar menos. Acho até que vou esperar mais para pesquisar melhor”.

O pintor Francisco Borges está procurando uma máquina de lavar para realizar o desejo da mulher. Ele também desconhecia as medidas anunciadas, mas decidiu esperar e pesquisar em mais lojas para buscar descontos maiores, já que pretende pagar à vista. “Estou economizando faz tempo e, com esse desconto, pagando à vista, pode ser que consiga um preço mais baixo. É bom o governo fazer essas coisas porque facilita para nós, que somos autônomos”.

A aposentada Aparecida dos Santos também ficou animada. Ela, que procura uma geladeira nova, está pesquisando ofertas e promoções, mas disse que ainda não encontrou um preço atraente. “Quem sabe, com esses descontos, fique mais fácil. Como vou comprar no crediário, quero achar o preço mais baixo”.

*Com informações: Agência Brasil

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120725 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.