BRISA, um dos maiores institutos de pesquisa e desenvolvimento do país cresce na Bahia

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Com apenas dois anos de funcionamento, filial da BRISA desponta na capital baiana e traz laboratório de nível mundial para testes de celulares. 

Há dois anos eram apenas quatro empregados em Salvador, agora são mais que 70 de um total de 200 funcionários no país. A BRISA, o quinto maior Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Brasil, segundo o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), cresce rapidamente na Bahia, onde realiza projetos e consultorias, além de testes de softwares de aparelhos celulares fabricados por fornecedores líderes deste segmento, muitas vezes antes mesmo de serem lançados no mercado internacional.

Com sede em Brasília e reconhecida como entidade de utilidade pública pelo Governo Federal, a BRISA atua há mais de vinte anos em projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D) e de tecnologias da informação e comunicação (TIC), presta consultorias e realiza projetos inovadores para empresas privadas e para organizações públicas. A empresa possui escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e, desde 2009, aposta na Bahia como seu principal polo de crescimento e desenvolvimento.

Com clientes em todo o Brasil e no exterior (os celulares testados atendem mais de 70 operadoras em cerca de 30 países), a BRISA é um Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IPD) de destaque no país, regularmente credenciada (inclusive em seus laboratórios de Salvador) para desenvolver as atividades cobertas pela Lei de Informática, segundo o MCTI.

“Mais que atender aos clientes locais, a criação da unidade Salvador, insere-se numa estratégia da BRISA de alavancar potenciais da Bahia para prestar serviços a organizações no sul do Brasil e no exterior”. “A infraestrutura, a quantidade e qualidade das instituições de ensino locais, e o apoio das autoridades municipais e estaduais foram elementos-chave para a BRISA escolher Salvador, dentre outras capitais do Nordeste que concorriam para abrigar este novo laboratório”, explica o vice-presidente da BRISA, Solon Lemos Pinto.

Mercado e perspectivas 

“O nosso mercado cresce de uma maneira vigorosa pela utilização das TIC em todas as atividades do dia a dia das empresas, das pessoas e da administração pública”, explica Augusto Cesar Mattos, gerente da filial BRISA/Bahia. “A mobilidade é a principal tendência deste mercado e deverá continuar a ser por muito tempo, pela penetração dos equipamentos portáteis como notebooks, tablets, celulares e smartphones. As políticas públicas de incentivos à fabricação destes equipamentos no país e de inovação continuam a se desenvolver em âmbito federal. O crescimento da economia é que vai balizar o ritmo da evolução do mercado de TIC e a BRISA possui experiência e know-how para atender essas novas demandas”, complementa o gerente da BRISA.

Na visão de Augusto Cesar, a BRISA faz uma grande contribuição para a Bahia na área de TIC ao trazer para o estado o que há de mais moderno e avançado em mobilidade. São, aproximadamente, 70 analistas/pesquisadores que trabalham na filial Salvador apoiando diretamente o desenvolvimento de tecnologias de testes de software para celulares, que ainda serão lançados no mercado, bem como também trabalham no desenvolvimento de aplicações voltadas para mobilidade e internet.

“Acreditamos no Brasil como uma das economias emergentes mais promissoras e temos as mesmas preocupações de todas as organizações que participam do desenvolvimento nacional: crescimento econômico sustentável, com geração de emprego e renda, e inovação como fator diferencial em relação às demais economias desenvolvidas. A BRISA quer dar a sua contribuição, participar deste esforço nacional e consolidar a sua posição de destaque neste cenário”, diz o presidente executivo da BRISA, Paulo Toledo.

Para Paulo Toledo, a BRISA vem para a Bahia com o inabalável compromisso de contribuir para o desenvolvimento do Estado, utilizando as tecnologias mais avançadas, gerando empregos locais qualificados, e interagindo e colaborando com as organizações e instituições de ensino baianas. “Na Bahia, a BRISA pretende estabelecer cooperação científica e tecnológica com empresas, instituições de ensino e organizações públicas, de forma a oferecer soluções inovadoras e avançadas para seus clientes, ao mesmo tempo em que contribui econômica e sociamente para o desenvolvimento local”, completa o presidente executivo da BRISA.

Com excelente expertise e know-how próprio, a BRISA investe na capacitação dos seus colaboradores, tendo como exemplo o incentivo à equipe que atua nos laboratórios de testes de Salvador para a certificação em qualidade de testes de software no Brasil (Brazilian Software Testing Qualifications Board, BSTQB).

Prêmio Dorgival Brandão júnior da qualidade e produtividade em software 

A BRISA está concorrendo ao Prêmio Dorgival Brandão Júnior da Qualidade e Produtividade em Software, concedido anualmente desde 1994 aos melhores projetos voltados para a melhoria da qualidade e produtividade do software brasileiro, no âmbito do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade em Software (PBQP Software).

O projeto que está concorrendo ao prêmio é o BRISA, Qualimobile Process Management, que compreende o desenvolvimento de uma aplicação para gestão de todo o processo de desenvolvimento de software embarcado para terminais móveis, a exemplo de notebooks, tablets, celulares e smartphones incluindo a gestão do conhecimento, que compreende o desenvolvimento de uma aplicação para gestão de todo o processo de desenvolvimento de software embarcado para terminais móveis, incluindo a gestão do conhecimento.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111194 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]