Ações na área de infraestrutura criam um novo ciclo de desenvolvimento na Bahia

acoes-na-area-de-infraestrutura-criam-um-novo-ciclo-de-desenvolvimento-na-bahia
acoes-na-area-de-infraestrutura-criam-um-novo-ciclo-de-desenvolvimento-na-bahia

Um novo ciclo se inicia. Uma nova etapa de ações começa a ser projetada, enquanto outras são concluídas. No primeiro ano da segunda gestão do governador Jaques Wagner, a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) deu continuidade aos principais projetos idealizados desde o primeiro governo.

Segundo o secretário de Infraestrutura, vice-governador Otto Alencar, entre os destaques, a recuperação da malha rodoviária, “um dos gargalos que travavam o desenvolvimento baiano, ao mesmo tempo em que outras iniciativas vão sendo postas em prática, voltadas para a logística, preparando a Bahia para o grande salto entre as principais economias brasileiras”.

Além de recuperar a malha rodoviária estadual, o Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba) vem se empenhando na manutenção das estradas, sinalizando-as, construindo novas praças de pesagem, adquirindo radares e bafômetros.

acoes-na-area-de-infraestrutura-criam-um-novo-ciclo-de-desenvolvimento-na-bahiaOutra importante iniciativa foi a realização dos convênios com prefeituras da Bahia, sendo possível recuperar milhares de estradas vicinais, importantes para o deslocamento das pessoas. Mais projetos estão sendo elaborados pelo Derba para construção, recuperação e ampliação de rodovias e pontes.

Na diretriz de manter o padrão de excelência e qualidade nas estradas baianas, alguns importantes eixos rodoviários foram concedidos à iniciativa privada, como a BA-099, conhecida também como Linha Verde, e o sistema BA-093, que engloba os trechos da BA-512, BA-521, BA-524, BA-526 e BA-535.

Importante segmento na área de infraestrutura, os aeroportos baianos também vêm ganhando atenção especial do governo. Vários convênios foram firmados para execução de serviços nos terminais, a exemplo dos de Vitória da Conquista, Porto Seguro, Barreiras e Feira de Santana.

Em andamento, outras obras, como as da Ferrovia Oeste-Leste, incluída no Plano Nacional de Viação, e do Porto Sul, vão alavancar o desenvolvimento sustentável nas regiões oeste e sul da Bahia.

Implantação do Sistema Viário do Oeste 

Outra grande iniciativa, a implantação do Sistema Viário do Oeste engloba a construção da ponte ligando Salvador à Ilha de Itaparica e a duplicação de trechos das rodovias BA-001 e BA-046, incluindo a duplicação da Ponte do Funil.

O projeto está em fase de preparação para estudos de viabilidade econômica, mas é uma mostra de que a Bahia vive um momento importante também na área de infraestrutura.

Referência nacional, a Bahiagás, empresa de economia mista ligada à Seinfra, ganhou destaque ao ser considerada a primeira em crescimento sustentável e a segunda melhor do

acoes-na-area-de-infraestrutura-criam-um-novo-ciclo-de-desenvolvimento-na-bahia
acoes-na-area-de-infraestrutura-criam-um-novo-ciclo-de-desenvolvimento-na-bahia

país entre as empresas do setor de petróleo e gás, pelo jornal Valor Econômico, no anuário 1.000.

Dentre as iniciativas em execução pela Bahiagás de grande significado econômico e social, está a ampliação da malha do gasoduto, beneficiando indústrias e residências localizadas nas regiões sul e sudeste do estado, o fornecimento do gás natural para o Hospital Geral do Estado (HGE) e o Hospital de Camaçari, possibilitando uma grande economia de recursos, além de atender aos empreendimentos do programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal.

Infraestrutura energética 

Neste segmento, foram realizados vários leilões de energia eólica, com a Bahia se destacando na atração de investimentos, com grandes empresas interessadas em se instalar no estado.

Até o fim deste ano, o parque eólico de Brotas de Macaúbas estará em pleno funcionamento, gerando energia limpa e reforçando a segurança energética do estado, importante para o desenvolvimento socioeconômico. Ao mesmo tempo, outros parques estão em fase de implantação, a exemplo dos de Caetité e Sobradinho.

A diversificação da matriz energética do estado vai além da força dos rios e dos ventos das hidroelétricas e passa também pelo calor solar. Projeto piloto de geração de energia elétrica, com o emprego de painéis fotovoltaicos, está sendo implantado no Estádio Governador Roberto Santos (Pituaçu), em parceria com a Coelba, permitindo uma economia de recursos.

acoes-na-area-de-infraestrutura-criam-um-novo-ciclo-de-desenvolvimento-na-bahiaTelefonia móvel 

Por iniciativa do governo, neste segmento, milhões de baianos passaram a se comunicar através do celular, uma vez que a totalidade das 417 sedes municipais já conta, ao menos, com um sinal de operadora. Também todas as sedes municipais e grandes povoados passaram a contar com a cobertura da TVE, com imagem e som de boa qualidade. 

Leia + 

Deputado estadual Zé Neto apresenta Balanço de Ações 2011 na Rádio Povo AM de Feira de Santana

Sobre Carlos Augusto 9517 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).