Projeto Paz nas Escolas de Feira de Santana conseguiu reduzir a violência no ambiente escolar em 80%

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia, jornalismo com opinião e em defesa da ecologia integral.
Jornal Grande Bahia, jornalismo com opinião e em defesa da ecologia integral.

Implantado no município desde o mês de abril, o Projeto Paz nas Escolas já conseguiu reduzir a violência no ambiente escolar em 80%. Até o momento foram apreendidos 110 objetos como facas, revólver, estiletes, replicas de armas, entorpecentes, dentre outros. As rondas são realizadas três vezes por semana seguindo um cronograma nos dois turnos das escolas da rede municipal da sede e zona rural de Feira de Santana.

Segundo o comandante da Guarda Municipal, Marcos Vinicius Alves, com a implantação do projeto nas escolas a violência foi reduzida significativamente. “Anteriormente recebíamos cinco ocorrências por semana e atualmente o número reduziu para uma queixa. Realizamos um trabalho de prevenção e conscientização e outro fator que pode ser observado também é a redução na depredação de ônibus escolares. Precisamos proteger os filhos destes cidadãos que estudam em nossas escolas municipais”, explica.

Para a diretora da Escola Municipal Ana Maria Antônia Costa, localizada no bairro Santa Mônica II, Neucilandia Arouca, a presença da Guarda Municipal reduziu o índice de violência dentro e fora da unidade. “Quando ocorre qualquer irregularidade entramos em contato com a força de segurança do município que vem realizando um ótimo trabalho desde que foi implantado o projeto”, destaca.

O aluno da 5ª série Lucas Daniel de Jesus, 11 anos, conta que é importante reforçar a segurança nas escolas. “Para mim é maravilhoso saber que estamos em segurança. Antes muitos vândalos ficavam na porta da escola para roubar ou bater nos alunos. Agora a realidade é outra”, ressalta.

A diretora da Escola Municipal Monteiro Lobato, Adriana Pereira, explica que a ronda é feita constantemente e já diminuiu a violência na saída da escola. “Para nós é um trabalho excelente onde os alunos também aprendem a manter a paz e harmonia no ambiente escolar através das palestras”, frisa.

A aluna Maria Luiza Santos, 14 anos, 8ª série, diz que a presença da Guarda lhe transmite tranquilidade. “Quando vejo a Guarda Municipal atuando na escola me sinto em total segurança”, afirma. A operação Paz nas Escolas é resultado da parceria desenvolvida entre a Secretaria de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos (Seprev) e Secretaria de Educação (Seduc).

Eventos do Samu na próxima segunda-feira; Inscrições ainda podem ser feitas através do site da Prefeitura

Mais de 300 representantes e funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de todo o Estado já estão inscritos no II Encontro Baiano da Rede Samu 192, II Encontro Municipal de Atenção às Urgências de Feira de Santana e I Mostra Estadual de Pesquisa Samu 192. Os eventos acontecem entre a próxima segunda-feira (28/11/2011) e quarta-feira (30/11), no Auditório Central da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).

Promovidos pelo Samu de Feira de Santana sob o tema “Discutindo saúde para salvar vidas”, o objetivo dos eventos é ampliar, qualificar e padronizar o atendimento as urgências, bem como integrar as unidades do Samu da Bahia. Profissionais que atuam na rede de pronto atendimento em hospitais e unidades de saúde de Feira de Santana também deverão participar dos eventos.

A expectativa, conforme a coordenadora do órgão, Maíza Macedo, é de atrair aproximadamente 600 participantes. “Até a última sexta-feira já registrávamos mais de 300 profissionais inscritos e 15 trabalhos científicos. A procura está expressiva, acredito que nesta última semana aumentaremos bastante esses números”, considera.

Condutores, técnicos de enfermagem, médicos e enfermeiros que atuam nas vinte unidades do Samu na Bahia ainda podem ser inscritos pelos coordenadores responsáveis, através do site da Prefeitura de Feia de Santana. As inscrições continuam abertas também para autores de trabalhos científicos que desejam participar como expositores. O edital com os critérios e orientações para inscrição dos trabalhos científicos está contido no próprio site, assim como toda a programação dos eventos.

A abertura dos eventos acontecerá às 19 horas de segunda-feira (28/11/2011), com a apresentação da palestra “Panorama atual e projeções da Rede Nacional de Urgência”, que será proferida pelo coordenador geral de Urgência e Emergência do Ministério da Saúde, Paulo de Tarso. A programação na terça-feira (29/11) e quarta-feira (30/11) prevê a realização de palestras, discussões e mesas redondas das 8 às 17h30.

Cores do brasão em prédios públicos, lei estabelece pintura nas cores verde, vermelha e branca

Todos os prédios públicos municipais estão obrigados a utilizar, de forma exclusiva, as cores da Bandeira de Feira de Santana na pintura. A lei 3.288, de 18 de novembro de 2011, inclui os prédios próprios ou alugados e placas de obras e inauguração, excetuando-se aqueles utilizados pelo Poder Legislativo Municipal e os tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico (IPHAN).

Mas antes mesmo de a lei ter sido sancionada, a Prefeitura de Feira de Santana já vinha utilizando as cores verde, vermelha e branca na pintura de escolas, policlínicas e praças, dentre outros prédios públicos. Até mesmo o Estádio Municipal Alberto Oliveira (Jóia da Princesa) recebeu pintura com as cores do brasão do Município nas cabines de rádio e imprensa, estrutura externa, estacionamento e cadeiras numeradas.

Conforme a Lei 3.288, as edificações patrimoniais que já estejam pintadas, independentemente das cores utilizadas, somente serão atingidas pelos efeitos da lei quando necessitarem de reformas em suas atuais pinturas.

As edificações que forem construídas, concluídas ou adquiridas posteriormente a entrada de vigência da lei deverão obrigatoriamente ser pintadas com as cores predominantes na bandeira. A lei foi publicada em jornal de circulação local no último sábado (19/11/2011).

Escola Municipal vence concurso da Nestlé, alunos apresentaram projeto ligado à área de educação ambiental

A Escola Municipal Maria Antônia Costa, localizada no bairro Santa Mônica, foi a grande vencedora do concurso ambiental “Nestlé Faz Bem Cuidar: Uma Iniciativa Ambiental”. A ideia da empresa é reconhecer e promover projetos voltados para área de educação ambiental, desenvolvidos por escolas da rede pública de ensino.

Os alunos apresentaram o projeto “Fazendo e Acontecendo na Natureza” e receberão um prêmio no valor total de R$ 2 mil. Segundo a diretora da unidade, Nelcilandia Arouca, trabalhar com projetos ligados à área ambiental faz parte das atividades já desenvolvidas pela escola. “Com o dinheiro da premiação iremos comprar e instalar câmeras na unidade de ensino com objetivo de reforçar a segurança dos alunos e professores”, afirmou.

A Escola Municipal Maria Antônia Costa conquistou também o primeiro lugar na 1ª Ecogincana promovida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam). A unidade oferece aulas do Ensino Fundamental I e II para mais de 700 alunos nos três turnos

Intensificada Operação Tapa Buraco; Serviços estão concentrados nos bairros Brasília e Ponto Central

Aproveitando o período de estiagem, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur) intensificou ainda mais os trabalhos de recuperação de ruas e principais avenidas de Feira de Santana. Na manhã desta terça-feira (21/11), as equipes executam a Operação Tapa Buraco nos bairros Brasília, Ponto Central e Coronel José Pinto.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro, os trabalhos estão concentrados nas vias públicas mais danificadas pelas águas das chuvas. “O cronograma é estabelecido conforme a necessidade de cada bairro. Recebemos mais de dez ligações diárias solicitando os serviços, por isso, é necessário delimitar com precisão a demanda de cada local”, afirma.

José Pinheiro destaca que algumas ruas transversais localizadas entre as avenidas João Durval Carneiro, Maria Quitéria e Presidente Dutra já receberam melhorias. A Operação Taba Buraco também já concluiu os trabalhos nas ruas A, B e C, localizadas no conjunto Feira X, assim como nos bairros Capuchinhos, Jardim Cruzeiro, Santa Mônica, e na avenida Francisco Fraga Maia.

Mais de 12 mil atendimentos na Junta Militar

A Junta de Serviço Militar de Feira de Santana (JSM) já realizou 12 mil atendimentos no Município só neste ano. Órgão executor e fiscalizador, a Junta é responsável pelo alistamento de jovens ao serviço militar e regularização de cidadãos com as obrigações militares.

Em Feira de Santana, informa o coronel do Exército Brasileiro, José Lopes, foram recebidos jovens que perderam a documentação ou não podem servir o serviço militar por conta de alguma doença, dentre outros casos. Os dados foram informados ao prefeito Tarcízio Pimenta na manhã desta terça-feira (22/11), em audiência entre o gestor e o coronel, no Paço Municipal Maria Quitéria.

O serviço militar é subordinado à 6ª Região Militar, em Salvador e, no Município, é presidido por Tarcízio Pimenta. A JSM, que é vinculada a Prefeitura de Feira de Santana, está localizada na Praça do Ex-Combatentes, S/N, no bairro São João, e disponibiliza servidores públicos na execução do atendimento ao público.

Na oportunidade, o coronel também informou que cerca de 6.200 jovens foram alistadas em Feira de Santana neste ano, o que ultrapassa a cota prevista de 6 mil jovens. “Por uma questão constitucional, o Exército não consegue absorver todos para o próximo ano, pois a demanda é maior”, explica o coronel. Em razão disso, os jovens que não prestarem o serviço militar receberão o certificado de dispensa de incorporação.

O prazo termina no dia 30 de dezembro. Os exames serão realizados no segundo semestre de 2012 no 35º Batalhão de Infantaria (BI) para concorrer a vagas no Exército Brasileiro para o ano de 2013. Os jovens nascidos em anos anteriores a 1993 devem realizar o alistamento normal com o objetivo de regularizar a situação militar.

Campanha antirrábica já imunizou 52 mil animais a meta é vacinar 74 mil cães e gatos em todo o município

Mais de 50 mil cães e gatos já foram imunizados contra a raiva animal em Feira de Santana, desde o início da campanha de vacinação antirrábica (21 de outubro). Somente no último sábado, “Dia D” da campanha, foram vacinados 30.180 animais – 23.442 cães e 6.738 gatos. A meta do município é imunizar 74 mil animais. Até sábado (19/11), já haviam sido vacinados 52.967.

De acordo com a coordenadora do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Mirza Carvalho, a campanha tem alcançado um bom desempenho. “Feira de Santana mais uma vez atinge um resultado satisfatório, tendo em vista que a estimativa do Ministério da Saúde para o município pode não corresponder com a quantidade real da população felina e canina”, considera.

A campanha prossegue esta semana em mais localidades da zona rural, com equipes volantes realizando a vacinação. Conforme a programação definida pelo CCZ, os agentes de zoonoses estão atuando nesta terça-feira (22/11) no bairro Aviário. Já na quarta-feira (23/11), a ação estará concentrada na Fazenda do Mocó e distrito de Maria Quitéria, enquanto que na quinta-feira (24/11) acontecerá em Humildes. Na sexta-feira (25/11), a vacinação ocorrerá na praça do bairro Kalilândia.

Mirza Carvalho orienta os donos de cães e gatos que ainda não levaram os animais para serem vacinados, que assumam este compromisso. “Quem realmente ama seu animal de estimação adota esta postura. A raiva animal leva a pessoa a óbito, não há cura para a doença. Daí a importância de realizar a vacinação e manter o município livre dessa zoonose”, alerta.

Reparos em equipamentos danificados, pontos de iluminação têm sido alvo constante de vandalismo

Instalações elétricas e pontos de iluminação têm sido alvo constante de vandalismo em alguns bairros e avenidas de Feira de Santana. No último sábado (19/11) a Secretaria Municipal de Serviços Públicos, através do Departamento de Iluminação Pública, realizou reparos em pontos de iluminação na rua Realeza, situada no bairro Parque Getúlio Vargas.

No local foram danificadas duas luminárias; um reator e quatro lâmpadas ambas de 70 watts. “Realizamos a reposição dos materiais depredados e estamos trabalhando diariamente na manutenção de pontos apagados ou quebrados em toda a cidade”, ressalta Silvio Moreira, diretor do Departamento de Iluminação Pública.

Segundo Luiz Araújo, secretário de Serviços Públicos, a Sesp realizou a última reposição na localidade no mês de setembro. Neste semestre foram feitos reparos no sistema de iluminação na Avenida Transnordestina e 57 lâmpadas instaladas na Praça Monsenhor Renato Galvão (Praça da Matriz) foram restauradas, além reposição de plantas e bancos em concretos na Praça Coronel Tertuliano Almeida (Praça da Kalilândia).

A solicitação ou informações sobre os serviços públicos pode ser feita por meio dos seguintes telefones: Limpeza Pública – (75) 3602-8113/ 3602-8127/ 3603-7778, Núcleo de Fiscalização (terrenos baldios) – (75) 3602-8124, Iluminação Pública – (75) 3602-8115/ 3602- 8124, Áreas Verdes – (75) 3602-8121 / 3603-7771.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121812 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.