INEMA e Secretaria de Meio Ambiente devem garantir participação popular nos Comitês de Bacia, recomenda MP da Bahia

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Garantir maior participação popular e autonomia para os comitês de bacia de modo a implementar uma gestão mais democrática das águas. Com este objetivo, o Ministério Público estadual, através dos promotores de Justiça Luciana Espinheira da Costa Khoury, Augusto César Carvalho de Matos e Edna Márcia Souza Barreto de Oliveira, recomenda à Secretaria de Meio Ambiente e ao Instituto de Meio Ambiente (Sema) e Recursos Hídricos (Inema) que observem o princípio da participação popular na proteção do meio ambiente e gestão das águas, obedecendo ao que determina a Política Nacional de Recursos Hídricos, instituída pela Lei 9.433/97.

Levando em consideração que, durante o ano de 2011, foi realizada apenas uma plenária dos comitês, quando o mínimo exigido seriam quatro, conforme estabelece a Resolução Conerh 55 de 2009, os promotores de Justiça recomendam ainda que Sema e Inema empreendam esforços para realizar todas as plenárias exigidas, garantindo ainda a participação popular nesses encontros. Para isso, caberá aos recomendados arcar com as despesas da logística do local do encontro e com os custos de deslocamento, hospedagem e alimentação dos representantes da sociedade civil e dos pequenos usuários.

A recomendação prevê ainda a adoção de medidas que garantam o funcionamento regular das câmaras técnicas dos comitês de bacia e o respeito, por parte de Sema e Inema, das decisões dos comitês de bacia hidrográfica sobre o gerenciamento dos recursos hídricos, com o fim de melhorar as condições ambientais da bacia.

Por fim, os promotores que assinam o documento recomendam que Sema e Inema remetam ao Ministério Público, por meio da Coordenação das Promotorias de Defesa do São Francisco, informações, documentos e publicações dando conta das providências adotadas com o fim de atender à recomendação.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9610 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).