Hospital Geral do Estado ganhará nova torre com centro cirúrgico e outras especialidades

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Parte dos recursos para primeira grande ampliação do Hospital Geral do Estado (HGE) está garantida com a aprovação, na semana passada, de uma emenda que destinará, no orçamento de 2012, verbas para execução da obra. Os recursos previstos são de R$ 38 milhões, sendo a necessidade da ampliação da capacidade de atendimento do HGE uma das prioridades da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

O secretário Jorge Solla disse que o HGE ganhará uma nova torre, comportando bloco cirúrgico, centro de queimados, unidades de terapia intensiva e outras especialidades. “Os deputados aprovaram a emenda da bancada por unanimidade, permitindo, no mínimo, R$ 20 milhões para a obra. Isso refletirá na melhoria do atendimento porque vamos estar praticamente dobrando a capacidade cirúrgica da unidade e criando novos leitos para a população”.

Solla afirmou também que outros espaços serão recuperados e ampliados, redimensionando toda a área de emergência, o estacionamento, e dando continuidade aos investimentos em saúde do Governo do Estado. “Nos quatro primeiros anos foram abertos mais de 1,2 mil novos leitos, aumentamos o número de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em 85%. São cinco novos grandes hospitais, e na rede básica, 500 novas Unidades de Saúde da Família”.

Segundo o secretário, a presidenta Dilma Rousseff está lançando, nesta terça-feira (29/11/2011), um programa que atenderá à necessidade de reformas em diversas unidades de saúde do Brasil. “A Bahia é estado com maior número de unidades a serem reformadas e que tiveram o projeto aprovado. Então, os governos estadual e federal, juntos, vão promover uma grande ampliação na rede pública de saúde no estado”.

HGE recebe pacientes de todas regiões da Bahia 

Para o diretor-geral do HGE, André Andrade, a doença do século é o politraumatismo. “Com isso, absorvemos uma média de 400 atendimentos por dia, provenientes de todas as regiões do estado”. Segundo ele, o hospital não recebe apenas pacientes com uma fratura de pé ou de mão, mas pacientes politraumatizados, com fraturas expostas, traumatismo de crânio, torácico. “Então, a complexidade hoje é maior também. Os meios de locomoção, as motos e os carros, fazem com que esses tipos de acidentes sejam mais comuns”.

O HGE tem números grandes e impressionantes, de acordo com Andrade, realizando mensalmente até 70 mil exames laboratoriais, duas mil radiografias e nove mil raios X. O hospital também serve mais de três mil refeições por mês, para pacientes e acompanhantes, e lava 60 toneladas de roupas. Em 2010, foram realizadas 2,5 mil cirurgias, apenas de mão, além de outras especialidades.

O diretor falou sobre algumas das várias reformas feitas no HGE nos últimos anos, a exemplo das oito enfermarias. “Na de traumas raquimedulares, implantamos um centro cirúrgico somente para esta especialidade. Recuperamos duas das três UTIs, e, some-se a isso, todo o equipamento e mobiliário do hospital. Conseguimos colocar o gás canalizado, por meio de um convênio com a Bahiagás, para ser utilizado na cozinha e na lavanderia, onde a caldeira era aquecida por um sistema altamente poluente”.

Andrade disse que a ampliação é importante porque a população baiana está crescendo. “O HGE, o maior hospital de traumas do estado, não pode manter-se com a estrutura física de 21 anos atrás”. O diretor informa que a nova estrutura será implantada em uma área de aproximadamente dez mil metros quadrados, onde antes funcionava a Escola de Formação Técnica, ao lado do hospital. “A Sesab autorizou, e o escritório de arquitetura está trabalhando com a colaboração da nossa equipe, que indicará como funciona cada setor, para o melhor aproveitamento do espaço”.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108639 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]