Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá alta médica à tarde, diz oncologista

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

No começo da tarde de hoje (1º), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve ter alta médica do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde foi internado ontem para o tratamento de combate ao câncer de laringe. Antes, ele vai almoçar e terá um cardápio leve. O oncologista Paulo Hoff, que integra a equipe que trata do ex-presidente, disse que Lula passou bem a noite, depois da primeira sessão de quimioterapia.

O ex-presidente foi submetido ontem (31/10/2011) à primeira sessão de uma série de três. A próxima ocorrerá em 21 dias. Para que Lula não sinta de forma intensa os efeitos colaterais do tratamento, a sessão durou cerca de três horas.

A presidenta Dilma Rousseff, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, o secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, e o assessor especial para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, visitaram ontem o ex-presidente. Ao sair, Dilma disse que está confiante na recuperação de Lula e que o encontrou bem-humorado e disposto.

A expectativa é que ainda hoje seja divulgado um boletim médico sobre o estado de saúde do ex-presidente. No dia 29, ele foi diagnosticado com um tumor de aproximadamente 3 centímetros na laringe. Segundo os médicos, a doença está em uma fase de desenvolvimento chamada de T2 e ainda não atingiu as cordas vocais.

Pelo resultado de uma biópsia, a agressividade do tumor é considerada média e seu estágio de desenvolvimento é relativamente inicial. Lula deve passar por três sessões de quimioterapia até o fim deste ano e por uma de radioterapia no início de 2012. Assessores do ex-presidente disseram que ele cancelou as viagens programadas até o fim de janeiro.

*Com informações:Agência Brasil

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108905 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]