Deputado Carlos Geilson questiona projetos do Governo da Bahia e diz que devem ser claros quanto aos benefícios

Deputado Carlos Geilson cobra transparência.
Deputado Carlos Geilson cobra transparência.
Deputado Carlos Geilson cobra transparência.
Deputado Carlos Geilson cobra transparência.

Na próxima terça-feira (22/11/2011), a Assembleia Legislativa da Bahia deve votar cinco importantes projetos de lei de autoria do Executivo. Apesar de, a princípio, ser favorável a eles, o deputado estadual Carlos Geilson (PTN) chama a atenção para a necessidade de discutí-los com calma, para que todos os parlamentares possam se interar sobre os benefícios que trarão para a sociedade.

Dentre os projetos que serão votados está o que autoriza a alienação de uma área de terra do Estado em favor da VALEC-Engenharia, Construções e Ferrovias S/A para a realização de obras da Ferrovia Oeste-Leste. Carlos Geilson acredita que este projeto, assim como o que autoriza a concessão de terrenos para ampliação do Centro Industrial do Subaé (CIS) e foi aprovado por unanimidade, não enfrentará problemas.

Também serão votados os projetos que: instituirá a Política e o Sistema Estadual de Cultura; estabelecerá o Plano Plurianual do Estado para o quadriênio 2012-2015; autoriza a remissão da dívida dos mutuários do Projeto de Horticultura Irrigada da Bacia Sedimentar de Tucano junto à Desenbahia; e que concede a remissão parcial do ICMS e dispensa multas por infração e acréscimos moratórios relacionados a débitos fiscais decorrentes da prestação de serviços de comunicação.

Para o deputado, são projetos bons que possivelmente não enfrentarão problemas durante a votação, a exceção do que estabelecerá o Plano Plurianual. Segundo ele, este necessita de maiores cuidados e aprofundamento, já que será definido um plano para quatro anos em toda a Bahia. Independente de fazer parte da oposição, Carlos Geilson afirma que se não for identificado qualquer prejuízo para a população nos projetos, terão seus votos favoráveis.

“É obrigação da oposição aprofundar cada projeto e se posicionar com clareza; não ser contrária simplesmente por ser oposição nem favorável por querer ser simpática e buscar qualquer dividendo junto ao governo. Vamos proferir o nosso voto por consciência e não motivado por nenhum tipo de radicalismo. Porém, cabe ao governo bastante clareza para nos convencer dos benefícios que chegarão à sociedade de modo um geral” pontuou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111097 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]