Deputada Graça Pimenta reúne com Via Bahia, ANTT e PRF, para apresentar demandas com relação a rodovia BR 324

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Diversas autoridades municipais e estaduais, além de representantes de órgãos estaduais e federais, se reuniram na manhã desta sexta-feira (04/11/2011), no salão nobre do Paço Municipal Maria Quitéria, em Feira de Santana, para discutir a situação da BR 324. A deputada estadual Graça Pimenta (PR) participou da reunião.

Durante o encontro, a parlamentar questionou quando os serviços na rodovia serão concluídos; ela acredita que o prazo estipulado de cinco anos é muito tempo para que a BR 324 esteja em condições de trafegabilidade. “Trafego quase que diariamente na rodovia e vejo a real situação em que ela se encontra. É preciso que medidas cabíveis sejam tomadas logo. Além disso, é preciso que helicóptero de resgate seja utilizado para facilitar a resolução dos problemas na rodovia, principalmente nos engarrafamentos, que têm acontecido freqüentemente, já que a rodovia não dispõe de via alternativa”, sugeriu a parlamentar.

O diretor-superintendente da Via Bahia, José Carlos Navas Fernandes, declarou que a empresa está ´de corpo e alma na Bahia´. “A Via Bahia é uma empresa legitimamente baiana; dos nossos 705 funcionários, 690 são baianos. O fato é que não temos como recuperar 680 km em menos de cinco anos! Devemos cumprir os 280 km prioritários até outubro de 2012 para fazer a intervenção da segunda etapa em 2013. A gente não consegue fazer omelete sem quebrar o ovo. Estamos provocando congestionamento porque estamos atuando”, disse.

De acordo com o gerente da ANTT, Deuzedir Martins, é do conhecimento da agência todas as necessidades da rodovia. “Elas estão previstas e anualmente são feitas revisões nos contratos e inseridas novas obras. Os trabalhos iniciais não visam dar soluções definitivas para os problemas; visam melhorar as condições de segurança e conforto aos usuários. Quando realizamos esses tipos de serviços estamos sujeitos a problemas, principalmente com as chuvas”, declarou.

O representante da ANTT acrescentou que seria possível ter um número maior de serviços e trabalho, mas como reflexo seria cobrada uma tarifa elevada. “Hoje nós temos uma das menores tarifas do Brasil. Procuramos compatibilizar os interesses da comunidade sem que ela tenha um esforço maior”, afirmou. A situação do Anel de Contorno de Feira de Santana também esteve em pauta. Deuzedir Martins disse que ele será incluído no contrato da Via Bahia.

Também participaram da reunião o prefeito Tarcízio Pimenta; os deputados estaduais Zé Neto, Carlos Geilson e José de Arimatéia; o chefe da PRF em Feira de Santana, Ivo Menezes; o superintendente da PRF no Estado, Jorge Paim; o coordenador da ANTT, Eduardo Santana; o representante do senador Walter Pinheiro, Luis Henrique; o secretário municipal de Planejamento, Carlos Brito, e o vereador Alcione Cedraz, além da comunidade que se fez presente.

A reunião foi interrompida por alguns minutos para atender reivindicações do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, que solicitaram do prefeito Tarcízio Pimenta a construção de uma creche no distrito de Tiquaruçu e instalação de uma sinaleira na avenida José Falcão. Segundo o chefe do executivo, os pleitos serão atendidos em breve.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]