Conversa com Governador aborda parque eólico, Minha Casa, Minha Vida 2, lançamento do Pacto Pela Vida, investimentos em Candido Sales e Caetanos

Jornal Grande Bahia - Logomarca 2012 - 12
Jornal Grande Bahia - Logomarca 2012 - 12

O Programa Conversa com Governador é apresentado por Edmundo Filho e aborda, semanalmente, diversos assuntos da pauta de eventos que envolvem o governador da Bahia, Jaques Wagner.

Edmundo – Governador, na quinta-feira passada o senhor participou do lançamento da pedra fundamental da BASF. Esta semana tem a inauguração da ALSTOM também em Camaçari. São os bons ventos da economia baiana, governador?

Wagner – É. Realmente, Edmundo. O Brasil vive um bom momento e a nossa obrigação é fazer a economia baiana acompanhar esse momento especial. O Brasil virou um país de grande atração para investidores estrangeiros. E a minha alegria é saber que a Bahia já ocupa o quarto, quarto maior estado em recepção de investimento. E essa semana é a ALSTOM, francesa, que inaugura sua fábrica em Camaçari. É um investimento de R$50 milhões e ela vai produzir os chamados aerogeradores.

A Bahia, você sabe, é o segundo maior parque eólico, parque de energia dos ventos medido do Brasil. Por isso essa já é – a fábrica da ALSTOM – a segunda que se instala aqui. E o que é bom é que, nesse caso da ALSTOM, também parte do equipamento mais importante, que é exatamente chamada nacelle, que é a turbina propriamente dita, parte dela, alguns componentes mecânicos já terão montagem também aqui em Camaçari.

Então, é mais um investimento, é mais emprego, é mais riqueza e mostra a pujança da nossa economia baiana. E me permita dizer também o trabalho que a gente vem fazendo de viajar, mostrar a Bahia lá fora, atrair novos investidores e garantir para nossa juventude e para todos, emprego, cidadania e dignidade.

Edmundo – Cidadania e dignidade estão ligados também ao programa Minha Casa, Minha Vida. A Bahia entra na segunda etapa também com a perspectiva de bater novos recordes, governador?

Wagner – Olha, sem dúvida no Minha Casa, Minha Vida I a Bahia foi o estado que mais contratou: 101 mil unidades. E, na sexta-feira passada, com a presença inclusive do ministro das Cidades, Mário Negromonte, nós lançamos aqui o Minha Casa, Minha Vida 2. A expectativa é 160 mil novas unidades até 2014. E a minha ideia e que, ao longo desses quatro anos, a gente possa diminuir bastante o número de pessoas com carência de habitação.

Já fizemos 101 mil Minha Casa, Minha Vida, mas nos quatro anos do primeiro governo, somando os programas estaduais e um outro programa da Caixa Econômica [Federal], nós atingimos 178 mil novas unidades para a população. Com isso, a gente vai tirando a Bahia do lugar que tinha, que era o estado com a maior carência habitacional do país. E eu espero, nos oito anos do nosso governo, ter contribuído bastante para dar mais cidadania às famílias baianas tendo uma casa digna para morar.

Edmundo – Por falar em cidadania, na semana passada o senhor também inaugurou a Casa da Cidadania…

Wagner – Olha, Edmundo, você sabe e eu creio que a Bahia já entendeu que segurança está entre as três maiores preocupações. Hoje, infelizmente, a droga e a marginalidade preocupam não só aqui na Bahia, no Brasil inteiro. Nós lançamos o Pacto Pela Vida exatamente para enfrentar o tráfico de drogas e a bandidagem. Temos aumentado o número de policiais, renovado a frota de veículos, construído novos presídios, melhorado a nossa área de investigação e inteligência, mas é claro que não é só polícia que vai resolver o nosso problema.

Nós precisamos também trabalhar na área de saúde, de educação, de emprego, de cultura, de esporte e de ofertas de serviços. Então, realmente a Casa ficou muito bem localizada, tem equipamentos nossos e também alguns equipamentos da prefeitura de Salvador. E aí dentro do programa Pacto Pela Vida de um lado a polícia, a investigação; de outro lado a escola, a saúde, o emprego e a cidadania.

Edmundo:

No fim de semana o senhor foi a duas cidades baianas, levando mais obras e serviços, governador.

Wagner – É. Fomos a Cândido Sales entregar 100 unidades habitacionais do programa da Caixa [Econômica Federal], resolução 518, R$850 mil de investimentos, tivemos também uma entrega de pavimentação de ruas, uma Unidade de Saúde da Família e instalamos lá também o SAMU 192, vinculado à Central de Regulação e à Central do SAMU lá de Vitória da Conquista.

Em Caetanos, que é uma cidade muito pequena ainda, menos de dez mil habitantes, nós fomos entregar aquilo que é o mais precioso bem para uma cidade, para uma família, que foi água. Por incrível que pareça, Edmundo e a todos que nos ouvem, Caetanos já foi um grande povoado, já é um município há 22 anos praticamente, 21 anos, e não tinha um sistema de abastecimento de água.

Então, nós fizemos um investimento grande – R$3,5 milhões – e colocamos o sistema de abastecimento de água na sede, ainda ficaram alguns distritos faltando e nós estamos buscando mais dinheiro para completar todo o trabalho. Então, realmente foi um final de semana de trabalho. No domingo eu ainda fui, aqui em Salvador, na abertura oficial da Fenagro. E a cada ano a gente melhora com apoio nosso, da EBDA, da Bahia Pesca, de toda nossa estrutura, tem conseguido ter um rendimento muito melhor do seu trabalho e, portanto, ter mais cidadania.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 106736 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]