Perfil da empresa Alphaville Urbanismo

O conceito AlphaVille surgiu em 1974 quando os empresários Renato de Albuquerque e Yojiro Takaoka, sócios na construtora Albuquerque-Takaoka, construíram o primeiro AlphaVille em Barueri, região metropolitana de São Paulo.
O conceito AlphaVille surgiu em 1974 quando os empresários Renato de Albuquerque e Yojiro Takaoka, sócios na construtora Albuquerque-Takaoka, construíram o primeiro AlphaVille em Barueri, região metropolitana de São Paulo.
O conceito AlphaVille surgiu em 1974 quando os empresários Renato de Albuquerque e Yojiro Takaoka, sócios na construtora Albuquerque-Takaoka, construíram o primeiro AlphaVille em Barueri, região metropolitana de São Paulo.
O conceito AlphaVille surgiu em 1974 quando os empresários Renato de Albuquerque e Yojiro Takaoka, sócios na construtora Albuquerque-Takaoka, construíram o primeiro AlphaVille em Barueri, região metropolitana de São Paulo.

Com mais de 35 anos de atuação, a AlphaVille Urbanismo é uma companhia 100% nacional, focada no desenvolvimento de empreendimentos horizontais que conciliam preservação ambiental, expertise em planejamento urbano e infraestrutura altamente qualificada, o que garante um conceito diferenciado de bem viver, por meio do contato permanente com a natureza e ampla estrutura de lazer, sempre acompanhando o modelo de ocupação de baixa densidade.

Principal urbanizadora do país, a companhia possui como carro chefe a marca “AlphaVille”. Os empreendimentos AlphaVille são loteamentos de alto padrão que seguem uma nova dinâmica de urbanismo, reforçados por conceitos sustentáveis e elementos administrativos e comerciais capazes de assegurar o sucesso em diferentes mercados.

Considerada uma master developer, a AlphaVille Urbanismo pretende viabilizar outros dois núcleos urbanos nos próximos anos. Um dos empreendimentos está localizado na área de influência do Distrito Federal, cuja primeira fase foi 100% vendida, e o outro em Pernambuco, com mais de 5 milhões de m². Os empreendimentos ressaltam a expertise da companhia no desenvolvimento de núcleos urbanos planejados, com infraestrutura diferenciada, clube de campo e contato permanente com a natureza.

O AlphaVille Barueri é um exemplo do desenvolvimento proposto pela AlphaVille Urbanismo. O empreendimento conta com mais de 3 milhões de metros quadrados e no local estão instaladas escolas, shoppings centers, supermercados, edifícios comerciais e outros serviços que garantem comodidade e conveniência aos moradores da região.

Nos últimos anos, a companhia cresceu significativamente e diversificou seu portfólio de atuação. No final de 2009, lançou o primeiro “Terras Alpha”, em Foz do Iguaçu (PR), loteamento com terrenos a partir de 250 metros quadrados. O Terras Alpha possui a mesma qualidade e conceito de bem viver presentes na marca AlphaVille e vem sendo consolidado nos quatro cantos do país. Recentemente, a companhia lançou o Terras Alpha Resende e Terras Alpha Maricá , todos com 100% dos lotes vendidos.

A empresa conta ainda com o “Conceito A”, casas em condomínios fechados, com espaços planejados, e com o “Reserva AlphaVille”, empreendimento desenvolvido dentro dos conceitos mais atuais de urbanismo e construção, que alia a exclusividade de morar em um condomínio fechado com projetos diferenciados de alto padrão.A AlphaVille Urbanismo possui atualmente 75 empreendimentos já lançados, em 20 estados do Brasil. Além disso, conta com um total de 60 milhões de metros quadrados urbanizados e outros 89 milhões de metros quadrados em fase de projeto. O VGV (Valor Geral de Vendas) da companhia mais que dobrou nos últimos três anos. Em 2008, foram R$ 312 milhões. Já em 2009 a empresa encerrou o ano com R$ 420 milhões, alcançando em 2010 a marca de R$ 741 milhões. Apenas no 1º semestre de 2011 a AlphaVille apresentou R$ 277 milhões em VGV.

Prêmios

Especializada no desenvolvimento de projetos urbanísticos sustentáveis, a AlphaVille Urbanismo foi a única urbanizadora brasileira que recebeu uma menção honrosa pelo projeto elaborado no “Plano Geral Urbanístico do Parque Olímpico Rio 2016”, promovido pela Prefeitura do Rio de Janeiro. O projeto teve como principal objetivo transformar o parque olímpico em um legado altamente sustentável para usufruto da população e comunidades locais após os jogos de 2016.

A empresa possui em seu portfólio mais de 50 prêmios recebidos em apenas seis anos, entre eles estão o Grand Prix d’Excellence, principal premiação do mercado imobiliário mundial por meio do AlphaVille Graciosa – PR em 2004 e AlphaVille Flamboyant – GO em 2005. Recentemente, a empresa ganhou o Prêmio Máster Imobiliário 2011, na categoria “Comercialização”, com o empreendimento AlphaVille Brasília Residencial 1, o mesmo prêmio foi conquistado em 2010, pelo AlphaVille João Pessoa na categoria “Empreendimento”. Prêmio Marketing Ibest 2010, Top Marketing 2010, Top Ambiental 2010, Top Excelência Empresarial 2009 e Super Brands 2006 estão entre as conquistas da companhia. Alem disso, em 2006 a AlphaVille Urbanismo foi eleita pelo Guia Exame como as melhores empresas para se trabalhar, opinião também concebida pelo anuário Great Place to Work.

História

O conceito AlphaVille surgiu em 1974 quando os empresários Renato de Albuquerque e Yojiro Takaoka, sócios na construtora Albuquerque-Takaoka, construíram o primeiro AlphaVille em Barueri, região metropolitana de São Paulo, como alternativa aos edifícios e ao adensamento das grandes cidades. Em 2006, a Gafisa S.A, uma das companhias líderes no mercado de incorporação e construção no Brasil com foco no mercado residencial, comprou 60% da AlphaVille Urbanismo por R$ 201,7 milhões. Em 2010 outros 20% foram incorporados por R$ 126,5 milhões. A aquisição total da empresa será finalizada em 2011, quando os 20% restantes forem adquiridos pela Gafisa S.A.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9305 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).