Colóquio em Cabo Verde debate o futuro do português nas diásporas

O Instituto Internacional de Língua Portuguesa, Iilp, está realizando em sua sede, na Cidade da Praia, em Cabo Verde o colóquio internacional “A Língua Portuguesa nas Diásporas”.

O objetivo do evento é debater estratégias de ensino do idioma em comunidades que vivem fora de seus países de origem.

Políticas Nacionais 

O Iilp, o braço linguístico da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp, está realizando uma série de colóquios para determinar as políticas nacionais de promoção do português e do ensino do idioma no exterior.

O diretor-executivo do Iilp, Gilvan Mueller de Oliveira, falou à Rádio ONU, da Cidade da Praia, sobre umas das dificuldades em precisar o número de falantes do português nas diásporas.

“As diásporas têm caráter muito variável. Há pessoas que são idocumentadas, há pessoas que estão registradas nas Embaixadas, mas na prática já perderam a língua. Trabalhamos com números muito aproximativos, o que seria de 7 milhões de pessoas.”

O colóquio em Cabo Verde deve terminar nesta quarta-feira com recomendações que serão enviadas às Comissões Nacionais dos oito países de língua portuguesa e que pertencem à Cplp.

*COm informações: Rádio ONU

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108689 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]