Autores baianos marcam presença no Congresso Brasileiro de Escritores 2011

autores-baianos-marcam-presenca-no-congresso-brasileiro-de-escritores-2011
autores-baianos-marcam-presenca-no-congresso-brasileiro-de-escritores-2011
autores-baianos-marcam-presenca-no-congresso-brasileiro-de-escritores-2011
autores-baianos-marcam-presenca-no-congresso-brasileiro-de-escritores-2011

Valdeck Almeida de Jesus, Domingos Ailton e Nadir Xavier de Andrade são alguns nomes que levarão a literatura da Bahia para o maior evento de escritores do Brasil.

Durante os dias 12 a 15 de novembro, a União Brasileira de Escritores (UBE) promove em Ribeirão Preto, São Paulo, o Congresso Brasileiro de Escritores 2011, com uma programação que comtempla diversos temas de interesse dos escritores. Durante três dias serão realizadas palestras, oficinas, mesas redondas, debates, conferências, atividades culturais e lançamento de livros de autores de vários estados da federação.

Assim como no último congresso da UBE realizado em 1985, os baianos mais uma vez marcarão presença no evento, com o objetivo de buscar novas ideias que possam ser aplicados em suas cidades de origem, além de lançar novos trabalhos. Entres os nomes que estarão no congresso estão, Valdeck Almeida de Jesus, Domingos Ailton e Nadir Xavier de Andrade.

Valdeck, além de ir representando o núcleo da UBE na Bahia, também lançará os livros “30 anos de poesias e mais um pouco” e “Memórias do Inferno Brasileiro” e ainda fará a leitura de um poema em homenagem a Damário da Cruz, poeta baiano, falecido em 21 de maio de 2010.

Depois de lançar o romance “Anésia Cauaçu” em Jequié, cidade onde mora e na 10ª Bienal do Livro da Bahia, em Salvador, agora, o jornalista e escritor Domingos Ailton leva seu livro para ser autografado em Ribeirão Preto, visando proporcionar aos paulistas e demais brasileiros que estejam no congresso, à oportunidade de conhecerem uma obra que conta a história da cangaceira baiana, que viveu no início do século XX.

Mas não é apenas os homens que darão as cartas no congresso, a baiana Nadir Xavier de Andrade é a representante feminina que também levará sua maisrecente publicação, “De manhã, à luz do sol”, um romance que faz uma ponte entre Brasil e Itália a partir dos conflitos vividos pelos protagonistas da trama;para um dos mais importantes eventos promovidos por uma organização que representa os escritores.

UBE – A União Brasileira de Escritores é a mais antiga associação de escritores do Brasil. Criada em 17 de janeiro de 1958, resultado da fusão da Sociedade Paulista de Escritores com a Associação Brasileira de Escritores, ABDE, teve como primeiros e principais líderes Sérgio Milliet e Mário de Andrade. Ingressaram, desde sua fundação, mais de 3.700 escritores de todo o Brasil. Tem como objetivos principais discutir políticas culturais que atendam os interesses dos associados e defender seus interesses em todas as manifestações literárias, em poesia e prosa.

Sobre Carlos Augusto 9519 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).